PUBLICIDADE

Topo

Free Fire


"Tunando" o Free Fire: como ajustar mira, sensibilidade e gráficos

Divulgação
Imagem: Divulgação

Daniel Esdras

Do GameHall

02/02/2020 04h00

Não importa se você é um jogador experiente tentando pegar Mestre na nova temporada de Free Fire ou um novato que acabou de chegar: ajustar as configurações do Battle Royale da Garena é fundamental para melhorar seus resultados.

Opções como mira, sensibilidade e gráficos são as mais importantes, e vamos falar sobre elas hoje. Se você quer se dar bem nas temporadas deste ano, confira nossas dicas de configuração:

Tipos de Mira

Reprodução
Imagem: Reprodução

Para entrar nas configurações, basta tocar na engrenagem no canto superior direito da sua tela. A sua primeira parada é na aba de controles. Aqui você terá diversas opções que vão do seu gosto pessoal, como fazer com que o paraquedas abra automaticamente ou se o controle dos veículos será feito com uma ou duas mãos. Dependendo do seu passado com jogos Battle Royale, ajuste essas opções para ficar mais parecido com o que você está acostumado.

A opção mais importante aqui é a que define a forma como você irá mirar no jogo e os auxílios que vai receber automaticamente. Embora role algumas pitadas de gosto pessoal, há também vantagens e desvantagens que você terá de aceitar.

via GIPHY

Mira Padrão: Essa forma de mirar é utilizada em algumas regiões até mesmo pelos profissionais. O funcionamento é simples, sempre que você mirar na direção de um inimigo, ela irá te auxiliar a mirar no corpo dele.

A desvantagem clara é a impossibilidade de conseguir dar tiros na cabeça, que aplicam dano crítico nos adversários. Mas há ainda outro ponto que pode te complicar, a chamada distância mínima. A mira só vai travar no adversário após determinada distância, o que nem sempre é funcional.

Essa mira é indicada para iniciantes, mas é melhor se for trocada por uma das outras após o tempo de acostumar com as mecânicas mais básicas do jogo.

Use a opção "Preciso ao Mirar" se quiser ajuda para focar no corpo do inimigo sem perder a liberdade quando ativar o zoom da luneta - Reprodução
Use a opção "Preciso ao Mirar" se quiser ajuda para focar no corpo do inimigo sem perder a liberdade quando ativar o zoom da luneta
Imagem: Reprodução

Preciso ao Mirar: Esse é o modo de mira mais utilizado pelos jogadores de Free Fire no Brasil. No modo terceira pessoa, ela funciona como a Mira Padrão, focando no corpo do inimigo. Quando você entra no modo "scope" no entanto, ela fica totalmente livre, você pode direcioná-la da forma como quiser.

A popularidade dessa mira se deve ao chamado "bug do capa", que funciona ao abaixar, mirar, levantar e atirar, que garante em várias oportunidades um "headshot" instantâneo. Se você ainda não sabe como utilizar essa manha, se liga no vídeo do prodígio ZDK:

Controle Total: Esse modo é o que deixa o jogador ter controle total tanto em terceira pessoa quanto no modo "scope". Ele é recomendado só para jogadores bem experientes e que abrem mão da manha do capa para se dar bem.

Um dos jogadores mais famosos que utilizam esse modo de mira é o Kroonos, jogador da Vivo Keyd.

OBS: Também é possível ativar o botão esquerdo para funcionar como gatilho de disparo — assim você tem mais uma opção para adaptar os controles ao seu estilo de jogo.

Sensibilidade

Reprodução
Imagem: Reprodução

Após escolher o modo de mira ideal para você e ajustar as configurações de controle, hora de dar um grau na sensibilidade. Essa opção é a que mais gera controvérsia, não só no Free Fire, mas em qualquer jogo de tiro. O motivo é simples, não existe uma configuração ideal.

A sensibilidade ideal vai variar de aparelho para aparelho e principalmente de jogador para jogador. Se você está começando agora, faça alguns testes simples, como girar em torno de algum objeto, tentando sempre deixar a sua mira centralizada nele. Se estiver muito difícil, você saberá que a sensibilidade está baixa demais ou alta demais. Uma boa dica é setar tudo em 50 ou 40 e ir regulando de cinco em cinco, até achar um ponto legal. Depois disso, vá regulando de um em um até achar a sensibilidade perfeita para você.

Após escolher uma nova sensibilidade, espere o tempo de adaptação para saber se é preciso mexer mais um pouco ou não. O ato de mirar é mecânico e depende de memória muscular, portanto dê tempo ao tempo. Quanto mais você praticar, mais natural ficará o seu jogo naquela sensibilidade.

Gráficos

Reprodução
Imagem: Reprodução

Por fim, é hora de configurar os gráficos. Todo cuidado é pouco aqui e é preciso ter em mente que quanto mais frames por segundo, ou seja, mais liso o jogo rodar, mais fácil será para você mirar e perceber os inimigos. Por conta disso, comece com os gráficos no suave e vá subindo aos poucos, sempre tendo em mente a potência do seu aparelho.

Após testar uma configuração gráfica que dá certo com o seu celular, ajustar a sensibilidade e escolher uma mira ideal para o seu estilo de jogo, você estará pronto para buscar a patente Mestre nas diversas temporadas do ano no Free Fire.

Conheça o estúdio de Free Fire em São Paulo

Free Fire