PUBLICIDADE

Topo

"Dragon Ball FighterZ" pode não ter dublagem e isso não faz nenhum sentido

Divulgação/Bandai Namco Games
Imagem: Divulgação/Bandai Namco Games

Rodrigo Lara

Do Gamehall

05/10/2017 04h00

Desde que foi apresentado durante a conferência da Microsoft na E3 2017, "Dragon Ball FighterZ" tem chamado a atenção tanto dos fãs da franquia de mangá e anime quanto dos entusiastas de games de luta. Gráficos que praticamente tornam o game um anime jogável, jogabilidade rápida e inclusiva e o pedigree da Arc System Works fazem do jogo um dos mais aguardados no momento.

Entre os fãs brasileiros, porém, há uma incerteza: "Dragon Ball FighterZ" será dublado em português com as vozes clássicas do anime?

A resposta para essa pergunta, no momento, é um desanimador "provavelmente não".

Falha no currículo

"Dragon Ball" é uma das franquias de mangá e anime que mais ganharam games até hoje. Ao contrário de outros pesos-pesados da animação japonesa, como "Naruto" e "Cavaleiros do Zodíaco" - que já ganharam games com as mesmas vozes brasileiras dos animes -, porém, nenhum desses jogos ganhou uma dublagem brasileira.

Isso esteve perto de mudar quando a Bandai lançou "Dragon Ball Xenoverse", em 2015. De acordo com Wendel Bezerra, o dublador oficial de Goku no Brasil e dono do estúdio de dublagem Unidub, a empresa chegou a pedir um orçamento na ocasião para incluir vozes brasileiras no game.

"Nós passamos, mas eles nunca mais responderam", contou ao UOL Jogos, ressaltando que "seria muito legal" dublar "Dragon Ball FighterZ", mas que até o momento não há nenhum acordo do tipo. De acordo com Bezerra, cujo estúdio tem experiência na dublagem de games como "Horizon Zero Dawn", "Injustice 2", entre outros, um trabalho do tipo precisaria ser concluído até três meses antes do lançamento do game.

Essa informação coloca a dublagem de "Dragon Ball FighterZ" ainda mais em xeque, uma vez que ele está previsto para chegar ao mercado em fevereiro de 2018 - as legendas em português, porém, estão confirmadas.

JOGAMOS "DRAGON BALL FIGHTERZ" AO VIVO; O PRÓXIMO JOGO DE LUTA DA SÉRIE

Uma chance perdida

Mesmo contando com um modo história, a dublagem de um game como "Dragon Ball FighterZ" não aparenta ser tão complicada e extensa quanto a de jogos de aventura, RPGs e outros gêneros. Basta notar que, durante as lutas, os personagens têm falas isoladas, sejam gritos, nomes de golpes ou frases de apresentação e comemoração.

E ainda há outro detalhe que tornaria a ausência de dublagem ainda mais injustificável: o número de personagens. Enquanto os já citados games dublados de "Naruto" e "Cavaleiros do Zodíaco" contavam com dezenas e dezenas de personagens, "Dragon Ball FighterZ", até por sua natureza mais tradicional, deverá contar com um número mais seleto de lutadores - o que, ao menos no quesito quantidade, facilitaria o trabalho de dublagem.

Apesar de parecer um mero detalhe - que, convenhamos, não tornaria o jogo bom ou ruim -, poder contar com vozes em português daria um peso adicional ao game e seria uma ótima ferramenta de marketing no Brasil. Prova disso é que fãs criaram um abaixo-assinado pedindo que a Bandai considere dublar o game e essa petição já possui mais de 11 mil assinaturas.

Ou seja, há uma (forte) demanda.

A Bandai, por sua vez, se mostra ciente disso. Isso, porém, não é nenhuma garantia de que a empresa baterá o martelo em prol da dublagem do game. Em seu mais recente pronunciamento sobre o caso, a representação brasileira da publisher afirmou que o tema estava sendo discutido na matriz da empresa no Japão, mas que não havia nenhuma decisão até o momento.

Caso a ausência de dublagem se confirme, a sensação que fica é a de chance perdida, tanto pela aparente simplicidade do procedimento no caso de "Dragon Ball FighterZ" quanto pelo peso ainda maior que o game passaria a ter junto a uma apaixonada e fiel base de fãs brasileira.