PUBLICIDADE

Topo

Você sabe quantos inimigos Goku já matou em "Dragon Ball"?

Cenas como essa acabaram se tornando raras em "Dragon Ball": Goku matou muito mais inimigos quando era criança do que quando ficou adulto - Reprodução
Cenas como essa acabaram se tornando raras em "Dragon Ball": Goku matou muito mais inimigos quando era criança do que quando ficou adulto
Imagem: Reprodução

Rodrigo Lara

Do Gamehall

05/06/2017 04h00

Tido como mais poderoso do universo e dotado de poderes com potencial quase infinito, sendo capaz de destruir planetas com uma rajada de energia, Goku teria tudo para ser um dos personagens mais sanguinários da história dos mangás e animes.

Na realidade, porém, as coisas são bem diferentes.

O saiyajin criado na Terra está entre um dos personagens menos letais de toda a história de "Dragon Ball" - aqui, consideramos as obras canônicas da série, ou seja, deixamos "Dragon Ball GT" e filmes da franquia de fora. Considerando as três séries "que valem" da franquia, "Dragon Ball", "Dragon Ball Z" e "Dragon Ball Super", foram 13 mortes de personagens relevantes ao todo.

Curiosamente, a maioria delas ocorreu quando Goku era uma criança, ou seja, em "Dragon Ball". Foram nove mortes de personagens relevantes no período (sim, ele acaba matando vários soldados da Red Ribbon Army, algo um tanto impossível de contar, porém), incluindo uma terrível: Gohan, seu avô adotivo, que acabou sendo vítima de uma transformação acidental de Goku em macaco gigante.

A partir, daí, Goku acabou se enroscando com a Red Ribbon Army, rendendo mais seis mortes: Buyon, Octopapa, Capitão Yellow, Murasaki e Conselheiro Black - Tao Pai Pai é supostamente morto por Goku, mas acaba sendo reconstruído em forma de ciborgue. Em seguida, foi a vez da "treta" com Piccolo Daimaoh, o que rendeu mais três mortes: Tambourine, Drum e o próprio Piccolo Daimaoh.

Goku bonzinho?

Já em "Dragon Ball Z" o "lado assassino" de Goku parece ter entrado em um sono profundo. O mais próximo que ele chegou de matar alguém nas duas primeiras histórias da saga foi quando ele prendeu seu irmão, Raditz, para que Piccolo fizesse o trabalho sujo e quando ele rebateu um raio de Freeza, supostamente o matando (depois descobrimos que a história não foi bem assim).

Goku mata Freeza em Dragon Ball Super - Reprodução - Reprodução
Como último recurso, Goku acabou matando Freeza quando o vilão retornou à Terra; até o momento, essa foi a penúltima morte protagonizada pelo personagem
Imagem: Reprodução

A situação mudou, porém, quando Babidi e Majin Boo passaram a ameaçar a Terra. Na ocasião, quando Goku, Vegeta, Gohan e Kaioshin invadiram a base do vilão, Goku acabou matando alguém pela primeira vez em "Dragon Ball Z". Inicialmente foi Yakon, que foi forçado por Goku a absorver mais energia do que podia e acabou explodindo. Depois, no final do arco, Goku desintegrou Kid Boo com uma Genki-Dama gigante.

Já em "Dragon Ball Super", até o momento Goku foi responsável por apenas duas mortes. A primeira aconteceu no retorno de Freeza à Terra. Após o vilão ser completamente dominado por Vegeta, ele explode a Terra. Como forma de contornar esse fim trágico, Whis faz o tempo voltar por alguns momentos, o suficiente para Goku desintegrar o vilão com um Kamehameha. Posteriormente, Goku acabaria matando a cópia de Vegeta durante o breve arco do planeta Potofu.

Ou seja: considerando "Dragon Ball", "Dragon Ball Z" e "Dragon Ball Super", Goku matou apenas 14 inimigos. Para se ter uma ideia, o número é bastante inferior às mortes provenientes da ação de Vegeta, facilmente o personagem principal que matou mais inimigos, pessoas etc durante a série. 

Majin Vegeta mata humanos - Reprodução - Reprodução
Vegeta, por outro lado, é um dos personagens mais letais de "Dragon Ball": o príncipe dos Saiyajin não se faz de rogado para alcançar seus objetivos
Imagem: Reprodução

Mesmo com a atual fase de Goku em "Dragon Ball Super", onde ele parece preocupado apenas em lutar, esse panorama não deverá mudar. Ou seja: ele pode ser o lutador mais poderoso do universo, mas passa longe de usar esse poder de maneira letal.