PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Após perder estrelas, RedeTV volta a declarar guerra à Band

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

01/09/2020 15h48

Em plena pandemia de coronavírus, a TV brasileira vive uma guerra nos bastidores envolvendo duas emissoras: RedeTV e Band.

Na verdade a guerra tem origem no passado, no início desta década, quando a Band tirou da rival seu principal produto: o "Pânico na TV".

Os dois dirigentes da RedeTV, Amílcare Dallevo e Marcelo de Carvalho. Nunca perdoaram a família Saad pelo duro golpe: o Pânico era então o maior faturamento e audiência da emissora de Osasco.

Recentemente houve outra perda: Mariana Godoy também trocou a RedeTV pela Band.

Na semana passada foi a vez de Edu Guedes fazer a mesma troca.

Foi o suficiente para que as mágoas do passado retornassem e a RedeTV voltasse a planejar um contra-ataque e jurasse "vingança"

Segundo esta coluna apurou, profissionais e estrelas da Band já andaram na mira da RedeTV (como o chef Érick Jacquin).

Tudo indica que a briga ainda vai longe: evitem convidar dirigentes das duas emissoras para o mesmo evento.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL