PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Exclusivo: Ranking mostra canais pagos que a elite brasileira vê

Daniela Lima, da CNN Brasil: canal já atrai mais público das classes AB que a rival GloboNews - Reprodução/Internet
Daniela Lima, da CNN Brasil: canal já atrai mais público das classes AB que a rival GloboNews Imagem: Reprodução/Internet
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

02/07/2020 00h09

A coluna traz hoje uma pesquisa detalhada sobre a qualificação do público que vê TV paga —especificamente sobre os canais que classes sociais mais abastadas gostam de sintonizar. É uma espécie de "raio X socioeconômico" da TV por assinatura.

Para todos os efeitos, lembrem-se: não se trata de um ranking de audiência, do chamado ibope. Não são os canais mais vistos.

Listamos abaixo os 30 canais pagos que basicamente as classes AB da população brasileira veem.

A pesquisa foi feita pela Kantar Ibope Media e obtida pela coluna por outros meios que não a empresa, que não pode ceder esse tipo de material à imprensa.

A pesquisa tem algumas surpresas para quem acompanha os dados de audiência normalmente publicados por esta coluna.

Isso porque, embora não mencione o chamado "ibope", como o conhecemos, mostra que o gosto dos mais ricos não tem quase nada a ver com o da média geral da população brasileira.

Os canais "dessa gente" são desconhecidos inclusive por muitos que assinam a TV paga. São os chamados canais de "nicho" e, obviamente, elitizados em muitos casos.

Pois bem...

No primeiro lugar no ranking desses "canais da classe AB" está o H2 —um canal especializado em história, investigações históricas, ciência e engenharia —co-irmão do History.

É um canal, digamos, quase premium, que só está incluído em pacotes mais caros de TV por assinatura.

Nos rankings de audiência da TV paga —dos canais mais vistos— publicados por esta coluna até hoje, o H2 apareceu, por exemplo.

Entre as séries do H2 está "Igreja Oculta" (bastidores e polêmicas da igreja Católica), "Projetos Incríveis" (engenharia de grande porte) e "Narcoamérica", que mostra os bastidores das ações do narcotráfico nas Américas do Sul, Central e do Norte.

O "irmão" mais velho do H2, o History, também se dedica a assuntos parecidos, mas é mais popularesco e em muitos casos até sensacionalista.

Surpresas

O quinto canal do ranking é, de certa forma. outra surpresa e nunca jamais esteve nos rankings gerais de audiência: o Travel Box Brasil.

Esse canal pago foi fundado em 2012 e é especializado em viagens, gastronomia e esportes pelo Brasil e pelo mundo —mas tudo só pela visão dos brasileiros.

Mais uma surpresa: a jovem CNN Brasil está em 3º no ranking da classe AB do país, enquanto a arquirrival e veterana GloboNews está em 6º lugar.

Os dados abaixo se referem à média de audiência nas 24 horas, e a medição feita nas 15 maiores regiões metropolitanas do país. Os dados são fresquinhos: de 1 a 20 de junho.

Veja o ranking dos "canais dos endinheirados" no Brasil (onde aparece empate, a disputa foi decidida nas casas decimais ou centesimais):

Posição - Canal - % de público classe AB

1 - H2 - 83% da classe AB
2 - Films & Arts: 83%
3 - CNN Brasil - 80%
4 - HGTV (grupo Discovery) - 78%
5 - Travel Box Brasil - 76%
6 - GloboNews - 74%
7 - GNT - 71%
8 - Discovery Home & Health - 69%
9 - Telecine Touch - 69%
10 - Fox Life - 67%
11 - Lifetime - 66%
12 - Discovery Turbo - 65%
13 - Food Network - 65%
14 - History - 65%
15 - SyFy - 64%
16 - ID - 64%
17 - TLC - 61%
18 - BandNews - 60%
19 - SporTV3 - 60%
20 - E! Entertainment - 59%
21 - A&E - 59%
22 - Telecine Cult - 58%
23 - Paramount Channel - 58%
24 - Warner Channel - 57%
25 - Comedy Central - 57%
26 - Sony - 56%
27 - AXN - 55%
28 - SporTV - 54%
29 - Universal TV - 54%
30 - AMC - 53%

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL