PUBLICIDADE
Topo

Clarice Falcão zoa o ex Gregório Duvivier em volta ao Porta dos Fundos

Clarice Falcão retorna ao Porta dos Fundos em participal especial para celebrar dez anos do canal - Bruno Baketa
Clarice Falcão retorna ao Porta dos Fundos em participal especial para celebrar dez anos do canal Imagem: Bruno Baketa

Filipe Pavão

De Splash, no Rio

07/07/2022 11h00

O Porta dos Fundos completa dez anos em 2022 e, para celebrar, os integrantes decidiram fazer o remake de dez esquetes que eles consideram icônicas. A primeira regravação, "Essa É Pra Você", chega ao YouTube hoje e marca o retorno de Clarice Falcão ao projeto em vídeo de humor que zoa seu ex-marido, Gregório Duvivier, e os amigos, Fabio Porchat, Antonio Tabet e João Vicente de Castro — fundadores do canal junto de Ian SBF.

Splash acompanhou a gravação da esquete em maio deste ano e conta, agora, o que rolou nos bastidores daquela tarde de outono.

No vídeo original, que foi roteirizado por Clarice e lançado em 2013, ela canta uma música para o então namorado, Gregório, com frases como "meu amor, eu não aguento mais você" e "meu amor, eu tenho nojo de você", mas depois diz: "se você me perguntar se (a canção) é pra você, eu vou negar e vou dizer que nada a ver". Até hoje, o vídeo soma mais de 30 milhões de visualizações.

Agora, nove anos depois, ela retorna ao projeto em esquete com música repaginada: ela zoa todos os ex-colegas de trabalho. Em tom de brincadeira, a música de "Essa É Pra Vocês" não deixa passar batido a demissão de Porchat da Record, a "crise de meia de idade" de Tabet e a "alergia a pobre" de João Vicente.

Para Clarice, a gravação foi praticamente um "reencontro do terceirão", pois a cantora saiu do projeto em 2015 e, desde então, fãs pedem para ela retornar. Mas, calma, ela conta que voltou apenas para participar das comemorações de dez anos.

"São pessoas que convivi durante muitos anos da minha vida. Depois que eu saí do Porta, a gente não se vê muito. Reencontrá-los foi f*da... Muitos fãs pediam para eu voltar. Fico feliz que a minha passagem no Porta dos Fundos tenha marcado. Podem me chamar para participar de novo", diz.

A cantora e humorista ainda brinca ao dizer que foi divertido zoar o próprio ex em um vídeo.

É maravilhoso, né? (risos) É muito bom. Durante alguns anos após o término, era chato porque muita gente comentava 'a ex do Gregório'. Hoje em dia, todo mundo entendeu que cada um seguiu a sua vida. Já dá para zoar sem medo de encherem o meu saco.

Dez anos depois

Splash conversou ainda com Fabio Porchat e Antonio Tabet sobre a experiência de completar dez anos de projeto. Porchat afirmou que não esperava que as esquetes pensadas inicialmente para o YouTube fossem tão longe. Hoje, o Porta dos Fundos é a marca de conteúdo humorístico mais lembrada do país, segundo levantamento do Datafolha realizado no segundo semestre de 2021.

"O Porta começou fazendo esquete para a internet, depois passou a fazer esquetes e outros conteúdos para diferentes canais de TV, como a Fox e o Multishow, algo inédito. Todo ano a gente tem uma esquete de sucesso, não só porque é polêmica e chama atenção. São dez anos fazendo humor nessa cultura de cancelamento. Claro, a gente já sofreu criticas, mas caminhou junto com a evolução da sociedade", diz.

"Eu jamais imaginaria que completaria dez anos. Se tivesse que apostar um centavo... Por acaso, eu apostei (risos). Mas eu não apostaria. Eu lembro do Ian (SBF) falando: 'a gente vai fazer sucesso, vai ganhar dinheiro'. E eu dizendo: 'lógico que não'", relembra Porchat.

A ideia de fazer remakes de esquetes é mostrar que o Porta do Fundos tem o hábito de rir de si próprio, e isso faz bem, conta Tabet.

"Rir de si mesmo é sempre saudável. As pessoas estão se levando a sério demais o tempo todo. A gente consegue rir de nós mesmos, a gente consegue se criticar, assumir erros... O vídeo da Clarice falando com o Gregório (em 2013) é isso. Ele rindo de si mesmo. Agora, é ela sacaneando a gente... A primeira coisa que eu disse para a Clarice é que ela nunca deveria ter saído, essa mulher é genial", diz.

Além de muitas risadas, a gravação da esquete também proporcionou um corre-corre para a equipe. Isso porque enquanto eles estavam gravando, Tabet deu a ideia de usar uma camisa da Marvel para ironizar trecho da música que fala da crise de meia-idade. A equipe do canal se dividiu em dois grupos e foram a shoppings da Zona Sul do Rio para encontrar a tal camisa da Marvel e voltar para seguir com a gravação.

Splash acompanhou a gravação do remake da esquete "Essa É Pra Você" - Bruno Baketa - Bruno Baketa
Splash acompanhou a gravação da esquete "Essa É Pra Você", que ainda reuniu Antonio Tabet, Fabio Porchat e Gregório Duvivier
Imagem: Bruno Baketa

Casa nova

As esquetes que fazem parte do projeto de dez anos foram gravadas no novo estúdio do Porta dos Fundos. Em maio deste ano, eles voltaram a ter um local fixo para reunir a equipe, criar os roteiros e gravar as cenas das esquetes após o atentado sofrido na antiga sede do grupo em dezembro de 2019.

A nova casa do Porta dos Fundos ocupa um andar inteiro de um edifício que fica de frente à Praia de Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, com o Pão de Açúcar como cenário através da visão da janela.

"Fui rever a esquete original e lembrei que ela foi gravada na casa do Gregório, que era a casa da gente na época. É doido ver de onde a gente saiu. Era só o Ian com uma câmera, eu e Gregorio tocando. Dez anos depois, é um estúdio gigantesco", diz Clarice.

Além das esquetes comemorativas e da casa nova, o Porta dos Fundos ainda vai lançar o Portaverso, site que reúne um compilado de conteúdos e ferramentas sobre o canal. O público vai poder conferir curiosidades e bastidores que marcaram os 10 anos.