PUBLICIDADE
Topo

Famoso por 'Três é Demais', Bob Saget era comediante de stand-up

Fernanda Talarico e Reginaldo Thomaz

De Splash e Colaboração para Splash, em São Paulo

10/01/2022 01h54

Bob Saget, de 65 anos, foi encontrado morto em um quarto de hotel na noite de ontem. As circunstâncias da morte ainda não foram divulgadas.

Nascido em 1956, na Filadélfia, o ator ficou internacionalmente conhecido por interpretar Danny Tanner, na série "Três é Demais". Entretanto, ao contrário do personagem, que é tímido e recatado, Bob era conhecido por ser uma pessoa atrevida e audaciosa.

Sua carreira no universo do entretenimento começou em meados de 1977, quando ele trabalhou como editor e produtor no curta-metragem "Through Adam's Eyes". Após essa experiência, Saget começou a investir em shows de stand-up comedy e atuações em filmes para televisão, o que começou a lhe render certo prestígio na comunidade artística.

Nos anos 1980, ele integrou uma série de projetos, como "O Jovem Lobisomem", "Super Herói Americano", "Condição Crítica", "Três é Demais" - série que lhe garantiu notoriedade -, entre outros. Nos anos 2000, enquanto trabalhava em outras obras, Bob também foi o narrador da série "How I Met Your Mother", como Ted Mosby mais velho.

Em 2016, a Netflix anunciou 13 novos episódios de "Três é Demais", com a presença de Saget. Ao todo, o revival durou cinco temporadas e ganhou novos capítulos até 2020.

Quanto à vida pessoal, Saget se casou em 1982 com a namorada de escola, Sherri Kramer. Eles tiveram três filhas, as gêmeas Aubrey e Lara Melanie, e a caçula Jennifer. Os dois se separaram em 1997.

Em entrevista à "People", em 2016, o ator falou sobre as filhas. "Elas são a luz da minha vida. Tenho a sorte de todas as minhas três filhas serem excepcionais. Seres muito elevados, pessoas muito inteligentes, muito maravilhosas e muito brilhantes, muito bonitas. Elas todas são artistas."

Anos depois de se separar, em 2015, ele conheceu a sua segunda esposa, Kelly Rizzo, uma blogueira focada em comidas e apresentadora do programa "Eat Travel Rock". Eles se casaram em 2018.

Ainda em relação à família, o ator era membro da Fundação de Pesquisa de Esclerodermia, doença de sua irmã Gay Saget, diagnosticada aos 43 e que morreu aos 47 em decorrência de complicações. Em 1996, Saget dirigiu o filme "For Hope", inspirado na história de vida de sua irmã, que havia morrido três anos antes.

Como cineasta, ele comandou mais alguns filmes, como a paródia "A Farsa dos Pinguins".

No entanto, foi a carreira em stand-up comedy que Saget escolheu para se dedicar nos últimos anos. Antes de morrer, ele estava se apresentado pelos Estados Unidos e seus shows estavam com ingressos vendidos até maio deste ano.

A última postagem de Bob nas redes foi um agradecimento aos fãs de Jacksonville, onde fez seu último show. "Amei hoje a noite. Obrigado novamente, eu nem percebi que fiz uma sessão de 2 horas. Estou viciado novamente nessa m*rda [de se apresentar]", escreveu ele, que ainda incentivou os seguidores a conferirem sua agenda de shows para 2022.