PUBLICIDADE
Topo

Adele: repórter que não ouviu disco da cantora pede desculpas; assista

Adele lança o álbum "30" inspirada em superar os traumas e paixões perdidas - Simon Emmett / Divulgação
Adele lança o álbum '30' inspirada em superar os traumas e paixões perdidas Imagem: Simon Emmett / Divulgação

Colaboração para Splash, em São Paulo

27/11/2021 10h20Atualizada em 27/11/2021 10h36

O jornalista Matt Doran, de 45 anos, que chamou atenção ao dizer para Adele que não tinha ouvido o álbum dela durante entrevista, resolveu pedir desculpas publicamente ontem pela atitude nada profissional.

Ao vivo, durante o programa "Sunrise", do Channel Seven, Matt definiu sua atitude como "erro terrível".

"Essa é uma história que gerou uma onda de insultos e piadas em todo o mundo e, para ser honesto com vocês, a maior parte disso eu mereci totalmente", iniciou Doran.

O repórter ganhou as manchetes do mundo ao dizer na frente de Adele, durante uma entrevista exclusiva, que não tinha ouvido o novo projeto da cantora. Sobre isso, ele declarou que não conferiu o álbum "30" por uma falta de atenção, não por negligência.

"A verdade genuína é que eu não vi o e-mail. Esse foi o e-mail mais importante que eu perdi em minha vida por uma absurda e longa margem", revelou. "Um dia após chegarmos em Londres, um email chegou da Sony, ele não mencionava Adele, mas tinha um link para seu álbum [e eu não vi]", complementou o jornalista.

Segundo Matt, Adele não teria abandonado a entrevista, como foi noticiado internacionalmente, eles ainda teriam conversado por alguns instantes, mas o diálogo não durou, visto que o mesmo não estava a par do projeto que a artista estava divulgando.

"Mas tudo isso não importa, porque, ao perder o link do álbum, eu insultei Adele, por mais que eu tente justificar isso. Para Adele eu digo: eu nunca desrespeitei você intencionalmente por não ouvir seu álbum. Eu te peço desculpas. Também peço desculpas para os fãs australianos da Adele. Meu erro negou a vocês essa entrevista", encerrou ele.

Assista ao vídeo: