PUBLICIDADE
Topo

Adele deixa entrevista após repórter dizer não ter ouvido o álbum, diz site

Adele no especial An Audience With Adele, que vai ao ar na ITV do Reino Unido - Reprodução/YouTube
Adele no especial An Audience With Adele, que vai ao ar na ITV do Reino Unido Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para Splash, em São Paulo

22/11/2021 17h58

Adele supostamente abandonou o apresentador de TV australiano, Matt Doran, porque ele admitiu que não tinha ouvido seu novo álbum. A entrevista fazia parte de uma negociação de 725 mil dólares (R$ 4 milhões, na cotação de hoje). Essa informação é do site Page Six.

O apresentador da emissora Seven Network voou de Sydney a Londres no início deste mês para entrevistar a cantora como parte de um negócio caro que incluía os direitos do especial de Adele para a Oprah Winfrey e um show de duas horas, de acordo com o Daily Telegraph.

Durante a reunião, Adele perguntou o que Doran achava de seu novo álbum "30" e ele admitiu: "Eu não o ouvi". Ofendida, a cantora desistiu da entrevista - e sua gravadora, a Sony, se recusou a permitir que o programa a usasse, de acordo com o jornal.

Com isso, a Austrália passou a ser "o único mercado no mundo que não tem um cara-a-cara com Adele" para promover o lançamento de seu álbum, disse uma fonte da Seven ao veículo.

"A Seven está obviamente zangada com isso. Matt foi repreendido. Ele deveria ter feito a pesquisa", disse a fonte, dizendo que o jornalista foi suspenso por duas semanas.

Doran disse ao The Australian que está "mortificado e inequivocamente se desculpando" com Adele, insistindo que foi um erro.

"Quando me sentei para entrevistar Adele, não sabia que havia recebido por e-mail uma prévia de seu álbum inédito. Foi um descuido, mas não um desprezo deliberado. Este é o e-mail mais importante que já perdi", disse Doran. No entanto, ele insistiu que a cantora "não saiu furiosa".