PUBLICIDADE
Topo

Cena da tragédia do filme 'Rust' foi adulterada, diz advogado da armeira

Hannah Gutierrez-Reed era encarregada do armamento do filme "Rust" - Reprodução/Instagram
Hannah Gutierrez-Reed era encarregada do armamento do filme "Rust" Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

11/11/2021 12h14

A armeira do filme 'Rust' Hannah Gutierrez-Reed está fazendo de tudo para se defender de uma possível responsabilização pelo acidente que culminou na morte de Halyna Hutchins no set de filmagem. Seus advogados alegam que a cena da tragédia foi alterada antes da chegada da polícia.

"Acreditamos que a cena foi adulterada bem antes da chegada da polícia". A denúncia foi divulgada pouco depois do promotor público responsável pelo caso ter descartado a alegação de sabotagem, dizendo que não há evidências.

O advogado de Hannah disse que sua cliente se encontrou com o vice-xerife do condado de Santa Fé para dar seu depoimento completo e que ela continua cooperando com as investigações.

Na última semana, a defesa da armeira alegou que ela foi vítima de uma sabotagem com a intenção de incriminá-la

"Estamos convencidos de que isso foi sabotagem e que Hannah está sendo injustamente incriminada", afirmou Jason Bowles, um dos advogados de Gutierrez-Reed, ao TMZ.

O acidente

A diretora de fotografia, Halyna Hutchins, morreu no dia 21 de outubro, vítima de um disparo acidental feito por Alec Baldwin que, em tese, deveria ter usado uma arma cenográfica, mas, segundo os investigadores do caso, a munição que estava dentro da pistola era real. A diretora chegou a ser socorrida de avião para o Hospital da Universidade do Novo México, mas não resistiu e morreu em decorrência dos ferimentos. Até o momento, ninguém foi indiciado.

Além de Halyna, o ator também feriu o diretor do filme, Joel Souza, de 48 anos, que logo após o acidente teve alta do hospital.