PUBLICIDADE
Topo

Antes dos 'Cavalinhos', Escobar já foi comissário de voo e tretou com Dunga

Alex Escobar assume quadro apresentado por Tadeu Schmidt no "Fantástico" - Globo/Divulgação
Alex Escobar assume quadro apresentado por Tadeu Schmidt no "Fantástico" Imagem: Globo/Divulgação

Laysa Zanetti

De Splash, em São Paulo

18/10/2021 11h27

Anunciado como substituto de Tadeu Schmidt no quadro 'Cavalinhos', do Fantástico, Alex Escobar tem uma passagem extensa por transmissões de esporte na TV. Ele já até substituiu Tadeu Schmidt em outra ocasião, mas começou a carreira mesmo bem longe dos estúdios de TV:

Dentro de aviões voando do Caribe para a Arábia Saudita

Antes de ingressar na área de comunicação, Escobar fez cursos de inglês e tentou ir para a carreira de turismo. Em 1994, logo que concluiu o ensino médio, foi trabalhar como atendente de reservas na Varig.

Alex Escobar foi comissário de voo antes de ir para o jornalismo - Arquivo pessoal/Globo - Arquivo pessoal/Globo
Alex Escobar foi comissário de voo antes de ir para o jornalismo
Imagem: Arquivo pessoal/Globo

Depois disso, fez um curso para comissários de voo e trabalhou por três anos na companhia aérea Transair. Nesta época, ele conheceu muitas cidades do nordeste do Brasil e o Caribe, e morou na Arábia Saudita durante três meses, já que a empresa fretava aviões para Meca.

Carreira de locutor

Torcedor do América e criado em Bangu, Alex era responsável pelas locuções nos voos, fazendo os comunicados aos passageiros durante as viagens. Este foi o seu primeiro passo na carreira.

Globo anuncia Alex Escobar como comandante dos cavalinhos - Reprodução/Globoplay - Reprodução/Globoplay
Globo anuncia Alex Escobar como comandante dos cavalinhos
Imagem: Reprodução/Globoplay

Um colega, que tinha um contato na rádio JB FM, fez a ponte para Escobar, sabendo que a carreira com que ele sonhava era atrás dos microfones. Foi assim que, em janeiro de 2000, ele passou em um teste, abandonou as aeronaves de vez e se tornou locutor na JB, onde permaneceu por cinco anos, enquanto cursava a faculdade de letras.

Desde então, não parou mais. Escobar teve um caso sério com a mistura entre humor e esporte quando apresentou o "Rock Bola", da Rádio Cidade, entre 2002 e 2005, e já mostrava a vocação piadista. Neste mesmo período, começou a transição para a TV: em 2003, ele comentou seu primeiro jogo no Première, após conhecer um diretor do canal de maneira informal, durante um churrasco.

Transição para a TV

Em 2005, Escobar decidiu encarar de vez as câmeras e os holofotes, e se tornou apresentador fixo do SporTV, deixando o rádio para trás. No canal a cabo, ele comentava as transmissões dos jogos e programas de debate, e cobriu a Copa do Mundo da Alemanha em 2006.

A transição para a TV aberta foi uma mudança natural que, curiosamente, também vem de uma substituição de Tadeu Schmidt.

Enquanto o próximo apresentador do "BBB" cobria as Olimpíadas de Pequim, em 2008, Escobar foi convidado para assumir o quadro do Campeonato Brasileiro do "Bom Dia Brasil". Na volta, Tadeu foi para o Fantástico, e Escobar ficou de vez no jornal matutino.

Polêmica

A relação entre Escobar e Schmidt, aliás, tem história. Em 2010, durante a Copa do Mundo da África do Sul, o novo companheiro dos cavalinhos foi xingado por Dunga, então técnico da Seleção, durante uma coletiva.

Na ocasião, Escobar recebeu uma mensagem de Tadeu em seu celular, e reagiu balançando a cabeça, negativamente. Dunga questionou o jornalista, e murmurou palavrões que foram captados pelo sistema de som. Felizmente, a confusão ficou para trás.

Globo Esporte

Alex Escobar comemora retorno do América à elite do futebol carioca - Divulgação - Divulgação
Alex Escobar comemora retorno do América à elite do futebol carioca
Imagem: Divulgação

Após três anos no "Bom Dia Brasil", Alex foi convocado para assumir outra missão: apresentar o "Globo Esporte" no estado do Rio de Janeiro —após ninguém menos que Tiago Leifert ter emplacado na apresentação do programa em São Paulo.

Mesmo assim, ele não parou por aí, e até mesmo o carnaval da Sapucaí Escobar já cobriu, em 2017, ao lado de Fátima Bernardes.

Quando entrei na Globo, pensei: se tem uma coisa que eu quero fazer é participar um dia da cobertura de carnaval (...) Foi um sonho de criança, não é clichê, não. É um objetivo que alcancei e que comemoro todos os anos, contou ao Memória Globo.

Alex Escobar em seu casamento com Thamine Leta, ao lado dos filhos Mariana e Pedro - Arquivo pessoal/Reprodução - Arquivo pessoal/Reprodução
Alex Escobar em seu casamento com Thamine Leta, ao lado dos filhos mais velhos, Mariana e Pedro
Imagem: Arquivo pessoal/Reprodução

O carisma de Escobar chamou atenção na internet em 2017, quando ele participou do programa "Popstar" e soltou a voz, mas não foi a primeira vez. Na adolescência, chegou a ter uma banda com amigos, chamada "Os Américas", e desde a época cultiva a paixão pela música.

Hoje, Alex é casado com a jornalista Thamine Leta, com quem tem os filhos Francisco (6 anos) e José (1). De seu casamento anterior, ele tem dois filhos mais velhos, Mariana (24) e Pedro (21).