PUBLICIDADE
Topo

Advogada de Day insiste em contato com a modelo: 'Record ameaça expulsá-la'

Lucas Pasin

De Splash, no Rio

27/09/2021 14h34

A equipe jurídica de Dayane Mello, participante de "A Fazenda 13", está tentando contato com ela desde o último sábado (25), quando foi decidido pela Record que o cantor Nego do Borel deixaria o reality show após suspeita de estupro de vulnerável contra a modelo. Em conversa com o UOL hoje, Vanessa Tomáz, advogada da peoa, conta que a emissora impede o contato "sob ameaças de eliminá-la do programa".

Em nota, a advogada destaca que Dayane "tem o direito de contar com apoio especializado para a real compreensão do ocorrido sem que, com isso, corra riscos de ser expulsa do programa". (Leia a nota completa no fim da matéria)

A advogada não quer a desistência da peoa do reality e pede que ela tenha amparo sem ser expulsa:

Nós, no momento, não podemos ir contrário ao pedido dela. Durante o dia de ontem, ela explicitou a vontade em permanecer no programa. Queremos o direito dela garantido, sem que tenha a expulsão, pois outros participantes têm acesso a tratamento médico, dentário e psicológico sem sair do reality.

Ainda de acordo com a equipe jurídica de Dayane, eles aguardam que o Ministério Público dê andamento à ação penal contra Nego do Borel:

Esse é um procedimento privativo do Ministério Público, por ser uma ação penal pública incondicionada. O MP tem que dar o devido andamento no procedimento junto às autoridades policiais e judiciária. Essas medidas serão encaminhadas pelo MP e pela Polícia, que estão responsáveis pelo caso.

Procurados pelo UOL, a Record e o Ministério Público do Estado de São Paulo ainda não se posicionaram sobre os desdobramentos da ação contra Nego do Borel. O espaço segue em aberto.

Nego do Borel foi expulso foi expulso após dormir com peoa bêbada sem consentimento - Reprodução/Playplus - Reprodução/Playplus
Nego do Borel foi expulso foi expulso após dormir com peoa bêbada sem consentimento
Imagem: Reprodução/Playplus

'Nada é real ainda'

O UOL também procurou a assessoria de imprensa de Nego do Borel na manhã de hoje. Foi informado que o cantor ainda não recebeu nenhuma solicitação jurídica e que uma reunião entre a equipe do funkeiro e a Record acontecerá ainda hoje.

Tudo que está saindo na internet sobre processo e Justiça, relacionada à saída de "A Fazenda", é real ainda. Nada chegou ao jurídico de Nego do Borel. Provavelmente, após a reunião do jurídico do cantor com a emissora, teremos um posicionamento mais concreto.

Expulsão de Nego do Borel:

Nego do Borel está sendo investigado pela Polícia Civil de São Paulo por suspeita de estupro de vulnerável contra Dayane Mello na madrugada de sábado (25). Segundo informações recebidas pelo UOL, a pressão dos patrocinadores e a consulta com o jurídico da emissora pesaram na decisão da expulsão do cantor do reality.

A Record TV afirmou em nota que mobilizou "uma equipe multidisciplinar" para analisar as imagens denunciadas, além de ouvir Dayane e os demais peões para "uma tomada de decisão justa".

A equipe jurídica de Dayane registrou a ocorrência na Delegacia de Itapecerica da Serra (SP), local onde acontece o reality. De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o advogado apresentou imagens para justificar a ocorrência, além de relatar os fatos.

As primeiras informações sobre um registro na polícia sobre o fato vieram no Twitter. Após os acontecimentos da noite passada, em que Nego do Borel deitou ao lado de Dayane Mello, visivelmente bêbada, a equipe da peoa informou que seus advogados estavam na porta do reality. Dayane, inclusive, foi chamada pela produção do programa e saiu pelo portão da sede. A peoa foi ouvida por psicólogos e pela direção de "A Fazenda".

Ontem, Nego do Borel gravou um vídeo e se manifestando depois de ter sido expulso de "A Fazenda 13" (RecordTV). O ex-peão alega ser alvo de racismo e disse que não houve crime.

Leia a nota completa assinada pela advogada Vanessa Tomáz e enviada hoje:

"Eu e a Dra. Izabella Borges, em conjunto com a família, estamos alinhando a estratégia e definindo os próximos passos pensando no bem estar integral da Dayane. Há uma série de fatores que estão sendo analisados e debatidos. A Record está impedindo que tenhamos contato com a Dayane, sob ameaças de eliminá-la do programa. Nesse momento precisamos de apoio da opinião pública, afinal, Dayane tem o direito de contar com apoio especializado para a real compreensão do ocorrido sem que, com isso, corra riscos de ser expulsa do programa, já que ela afirmou sua vontade de permanecer e continuar concorrendo ao prêmio, que poderá ajudar a ela e sua família. Comunicaremos à imprensa sobre os próximos passos a serem definidos".