PUBLICIDADE
Topo

Marilyn Manson é processado por mulher que o acusa de estupro

Marilyn Manson - Getty Images
Marilyn Manson Imagem: Getty Images

Colaboração para Splash, em São Paulo

28/05/2021 23h30

Uma suposta ex-namorada de Marilyn Manson processou o artista por estupro, segundo TMZ. Os dois teriam se relacionado em 2011.

Nos documentos do processo judicial, a mulher anônima alegou que o estupro aconteceu quando ela devolveu a chave da casa do cantor. Manson a teria colocado de bruços no chão, cometido o ato e a ameaçado de morte.

O documento conta de outra suposta situação: teria sido obrigada a assistir filme caseiro o qual Manson simulava matar fã. A suposta filmagem de 1996 mostrava o cantor forçando a pessoa a beber urina de integrante da banda enquanto estava amarrada em uma cadeira.

Supostamente, o vídeo feito após show da banda no Hollywood Bowl, em Los Angeles (EUA), incluía atos sexuais, humilhações e uma arma.

Acusações de assédio sexual e estupro

Marilyn Manson recebeu diversas acusações de assédio e estupro em 2021. A primeira aconteceu em fevereiro e foi feita por Evan Rachel Wood - eles namoraram entre 2006 e 2010.

"Ele começou a me assediar quando eu ainda era uma adolescente e abusou terrivelmente de mim por anos. Eu sofri uma lavagem cerebral e fui manipulada à submissão", escreveu ela, no Instagram.

Diversas outras mulheres o acusaram de assédio sexual, tortura e estupro desde então - como Esme Bianco, que foi a primeira a protocolar ação judicial contra Manson.

O artista nega as acusações: "Essas recentes declarações a meu respeito são distorções horríveis da realidade. Meus relacionamentos íntimos sempre foram completamente consensuais".