PUBLICIDADE
Topo

'Confissões de Adolescente' ajudou na primeira vez de Deborah Secco

Colaboração para Splash, de São Paulo

29/01/2021 04h00

Os temas abordados por "Confissões de Adolescente", no ar entre 1994 e 1996, também ajudaram as atrizes em suas vidas pessoais. A iniciação sexual, por exemplo, foi uma experiência diferente para elas, por causa do programa.

A Natália, minha personagem, perdeu a virgindade antes de mim (...) Eu não tive problema psicológico nenhum durante a adolescência, porque cada dia de gravação era uma sessão de terapia.

Daniele Valente

Mas, na vida real, entre as duas, quem perdeu a virgindade primeiro Deborah Secco. "Ela saiu tirando onda com todas as amigas", diverte-se Daniele. E Deborah não via problema nisso: "A gente conversava muito sobre esses assuntos. Então, quando aconteceu, eu queria contar".

Deborah relembra a importância da série nesse momento:

Quando tive minha primeira vez, eu me lembrava muito do 'Confissões'. Tinha que ser com calma, eu queria que fosse como na cena da Natália, com carinho.

Deborah Secco

Além da primeira vez, a série também abordava temas como o primeiro porre, drogas, entre outros assuntos que eram tabus na metade da década de 1990. Daniel Filho comenta a ousadia: "Algumas coisas que nós fizemos eram muito perigosas".

Para Deborah, essa temática a ajudou como ser humano. "A minha adolescência foi sem tabus. Eu acabei vivendo quase tudo que eu vivi, antes, em cena, do que na minha vida. Então eu tinha sempre que conversar muito sobre as coisas que eu ia interpretar, porque eu ainda não tinha vivido nada daquilo", conta.

Veja a íntegra do 'Oi, Sumido: Confissões de Adolescente'