PUBLICIDADE
Topo

Daniel Filho revela o segredo de sua boa memória, aos 83 anos: 'Maconha'

De Splash, em São Paulo

28/01/2021 12h00

Diretor de "Selva de Pedra", "Pecado Capital" e "A Vida Como Ela É...", Daniel Filho chegou chegando no "Oi, Sumido" sobre "Confissões de Adolescente". Responsável por adaptar a obra de Maria Mariana para a televisão, o ator e diretor foi logo contando histórias e dirigindo o papo, que contou ainda com Deborah Secco, Daniele Valente, Georgiana Góes e Luis Gustavo.

Uma das coisas que chamaram a atenção dos apresentadores Liv Brandão e Roberto Sadovski foi a boa memória de Daniel, de 83 anos.

O mérito, segundo ele? Maconha.

Sabe por que eu tenho memória? Eu vou dizer, que isso é muito importante. Eu fumo maconha e ela é boa para memória, dizer que maconha afeta a memória é men-ti-ra.

O diretor ainda deu um puxão de orelha em Daniele Valente, que mora em Los Angeles, onde a venda e o consumo da erva são liberados, mas não fuma maconha.

Embora o diretor atribua à maconha sua boa memória, um estudo publicado no Journal of Clinical Psychiatry mostrou que um mês de abstenção de uso de maconha resultou em melhoria mensurável na memória —função considerada prejudicada nos adeptos à droga pelos pesquisadores.

Veja a íntegra do 'Oi, Sumido: Confissões de Adolescente'