PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

O melhor da semana: Adnet anuncia que "Sinta-se em Casa" não terminou

Marcel Adnet imita o presidente Jair Bolsonaro no quadro "Sinta-se em Casa" - Reprodução/Twitter
Marcel Adnet imita o presidente Jair Bolsonaro no quadro "Sinta-se em Casa" Imagem: Reprodução/Twitter
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

12/09/2020 13h43

A semana começou com a triste notícia de que Marcelo Adnet iria encerrar o quadro "Sinta-se em Casa" e terminou com uma reviravolta espetacular:

"Depois de tantos pedidos carinhosos e tantos milhões de audiência vou voltar nem que seja bissemanalmente pra seguir com a crônica da nossa surrealidade. E quanto aos que sentiram, lembro que o 'mumumu' é livre! Saudações!"

A decisão de encerrar o quadro não havia sido dele. Como deixou claro ao responder a alguns protestos, foi uma escolha da Globo, que o convocou a gravar uma nova temporada de "A Escolinha do Professor Raimundo" a partir desta segunda-feira (14).

Em resposta a um comentário que fiz, "Adnet, quem precisa de Rolando Lero numa hora dessas?", o comediante explicou: "Beleza, show! Putz, esqueci, Maurício. Não sou dono da emissora! Kkkkk abraços e obrigado pelo prestígio!"

Nesta sexta-feira (11), no que seria o último episódio, Adnet imitou, entre outros, o ex-presidente Lula dizendo: "Você tem que continuar, Adnet, não para enfrentar o fascismo, mas para imitar mais vezes o presidente Lula. Aaalô!"

Na sequência, imitando o presidente Jair Bolsonaro, Adnet disse: "Mas vai voltar, é? Eu pensei que quem lacra não lucra nisso daí. Vai me imitar mais mesmo? Mas aí nós vamos ter que ficar de 'mumumu' muito tempo ainda. Esse politicamente correto é dose. Chama a Secom (Secretaria de Comunicação) aí".

E, em seguida, o ex-governador Leonel Brizola (1922-2004) ressuscitou dizendo: "Mas olha esses ratões! Sentiram o golpe! Achamos o vosso ponto fraco. Não aguentam uma piada. Se dizem os bastiões do politicamente correto, mas não aguentam uma simples piada. Ratões! Filhotes da ditadura! A verdade dói-codi. Se eu voltei, por que Adnet não vai voltar?"

A gravação do podcast UOL Vê TV é só na terça-feira, mas já fica aqui, antecipado, o meu voto sobre o melhor da semana.