Topo
OPINIÃO

Brasileiro deveria poder acordar com Galvão na TV o ano inteiro

Galvão Bueno tem alegrado os brasileiros nas manhãs da Globo Imagem: Mauricio Fidalgo/Globo
exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Colunista do UOL

29/07/2021 10h03

Você já pensou Galvão Bueno narrando a CPI ou falando sobre um julgamento no STF? Sabemos que ele não merece isso, mas faria bem para todo brasileiro se a gente tivesse essa oportunidade toda manhã.

Galvão Bueno mostrou hoje, na ginástica, que é capaz de dar emoção até em assuntos mais delicados que envolvem o lado jurídico.

"Subiu a nota. Belíiiisimo recurso", disse. "Não sei nem quem tomou iniciativa, tomou muito bem. Valeu recurso", completou.

O lado torcedor do Galvão despertava exatamente a sensação do torcedor brasileiro ao acompanhar Rebeca Andrade na ginástica artística. "Cadê a nota da Rebeca?", falou o locutor aumentando a ansiedade em todos nós.

Sabe a famosa narração do "olha o que ele fez, olha o que ele fez" após uma jogada do Ronaldinho. Galvão criou uma versão para a ginástica. "Que momento, que momento, que momento da Rebeca".

E para encerrar mais uma transmissão emocionante, nada melhor do que uma medalha para Rebeca, e Galvão narrou, puxando o R como tradicionalmente faz no futebol.

"É muito desconto, é muito desconto. Que venha medalha, que venha medalha. Ela merece. A ginástica feminina brasileira merece".

É prata, é prata, é prata. Saiu a medalha, saiu a medalha inédita. Rrrrrebeca Andrade do Brasil.

Vale lembrar que nesses Jogos Olímpicos já tivemos a sorte de acordar com Galvão na abertura em um diálogo incrível com Rayssa Leal, no bronze de Daniel Cargnin e também nos jogos de futebol.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasileiro deveria poder acordar com Galvão na TV o ano inteiro - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL