Topo
ANÁLISE

Globo desrespeita brasileiros ao preferir ginástica a tênis de mesa

Hugo Calderano perdeu para Dimitrij Ovtcharov em Tóquio Imagem: Luisa Gonzalez/Reuters
exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Colunista do UOL

28/07/2021 10h01

Hugo Calderano fez história ao chegar nas quartas de final do tênis de mesa. E tinha reais chances de disputar uma vaga nas semifinais, até começou vencendo, mas foi "abandonado" pela Globo.

Quem tinha apenas TV aberta para acompanhar as Olimpíadas não pôde ver parte do jogo de Hugo Calderano contra o alemão Ovtcharov. Por exemplo, o sexto set, decisivo para o duelo, não teve transmissão.

"Engrossou a parada para o Calderano", explicou Cléber Machado durante a transmissão da ginástica.

Na ginástica, as chances de um brasileiro subir no pódio eram remotas, tanto é que Caio Souza, o melhor na disputa, ficou apenas em 17º. A disputa de medalhas ficou entre japoneses, chineses e russos, o que não fazia muito sentido para o público brasileiro.

Não foi apenas no set decisivo em que a Globo abandonou a transmissão. Isso já havia acontecido quando Hugo abriu 2 a 0 no placar. Quando retornou, o alemão já estava empatando o duelo.

Sabemos que o jogo tinha transmissão na TV fechada, mas a parcela dos brasileiros que tem acesso ao SporTV é remota né? A Globo poderia ter pensado mais na torcida do seu país.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Globo desrespeita brasileiros ao preferir ginástica a tênis de mesa - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL