PUBLICIDADE
Topo

Begônia Maculata, a nova queridinha dos "pais de planta", custa até R$ 450

As folhas com pintinhas de "poás" encantam pela beleza e até já inspiraram o mundo fahsion - Getty Images/iStockphoto
As folhas com pintinhas de "poás" encantam pela beleza e até já inspiraram o mundo fahsion
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Silvia Montico

Colaboração para Nossa

29/01/2021 04h00

Quem rola os dedos pelos feeds de perfis especializados em plantas e decoração nas redes sociais com certeza já se deparou com fotos da Begônia Maculata, espécie que é uma das plantas mais desejadas pelos pais de plantas.

Facilmente reconhecida pelo formato de suas folhas e por suas singulares pintinhas brancas, a espécie é uma das plantas 'influencers' da vez. O contra de se ter a Begônia Maculata está relacionado ao seu preço, que pode sair entre R$ 250 e R$ 450 o vaso.

Mas vale lembrar que sempre dá para conseguir uma muda com alguém que já tenha e se dedicar ao cultivo dessa planta. Afinal, é possível fazer a propagação delas através do caule. "É só contar ao menos três folhas (de cima para baixo) e cortar o caule no entrenó, mantendo o nó intacto. Esse galho cortado poderá ser colocado num pote com água ou diretamente no solo fértil (com esfagno), mantendo sempre úmido para desenvolver as raízes", explica a jardinista e especialista em Botânica Energética Thalita Cunha.

Cuidados básicos

Segundo ela, a planta é originária das matas tropicais, ou seja, de ambientes ombrófilos (úmidos e sombreados).

Saber essa informação já é um grande indicativo dos cuidados que devemos ter com a Begônia Maculata, pois se pensamos no clima das matas tropicais, teremos solo úmido, local sombreado e calor. Exatamente um resumo do que elas precisam"

begônia maculata - Reprodução - Reprodução
Originárias de matas tropicais, elas gostam de solo úmido, local sombreado e calor
Imagem: Reprodução

Thalita explica que apesar de gostarem de solo úmido, é importante que entre uma rega e outra exista um período que garanta que o solo não ficará úmido demais, apodrecendo as raízes. "Ela é uma planta razoavelmente rústica e aguenta bem uns dias a mais entre as regas. Por crescerem embaixo das copas das árvores, em casa devemos mantê-las longe do sol direto, em local de sombra ou meia sombra, porém bem iluminado para que ela se desenvolvam bem", completa.

begônia maculata - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Elas precisam de solo úmido, mas não encharcado, para não apodrecerem as raízes
Imagem: Getty Images/iStockphoto

É exatamente esse local que irá influenciar na quantidade de regas, uma vez que espaços mais ventilados exigem uma quantidade maior de rega, pois o substrato seca mais rápido.

"Em geral, o solo da mata tropical é bem fértil e uma ótima forma de reproduzirmos isso em casa é utilizando matéria orgânica como humus de minhoca e ainda acrescentando turfa, musgo esfagno ou até casca de pinus ao seu substrato", orienta Thalita.

Para manter o solo sempre saudável é importante que a adubação seja feita pelo menos uma vez a cada três meses, utilizando um adubo orgânico como o bokashi ou outro de liberação lenta. "Sempre se atente às especificações dos rótulos dos adubos para não exagerar na dose e prejudicar sua planta e suspenda a adubação durante o inverno".

Energeticamente, as Begônias atraem harmonia e, por isso, podem ser usadas para decorar as áreas sociais da casa ou até mesmo o quarto do casal. Segundo Thalita:

Suas cores verde e vermelho representam família e estimulam o relacionamento, respectivamente. O formato das suas folhas também tem significado e representam o sucesso, por isso pode ser usada também no local de trabalho"

Uma espécie rara

Conforme a jardinista, há uma razão para os valores altos da Begônia Maculata. "A planta original é nativa das nossas matas de MG, RJ, ES e SP e tem suas folhas totalmente verdes (na frente e no verso). Essa outra que está na moda é um "cultivar", conhecida como Begônia Maculata cv. 'Wightii'".

begonia - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
As plantas nativas têm suas folhas totalmente verdes, já as "cultivadas" apresentam variações
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Segundo Thalita, esse processo conhecido como "cultivar" nada mais é do que alterações feitas pelo produtor para manter características de variação natural que a planta sofre durante seu desenvolvimento, a fim de preservar um padrão estético.

Nesse caso, essa variação ocorre com o verso em tons de vermelho/vinho e desenhos de "poás" mais destacados e maiores. "Esse processo requer estudos e conhecimentos que acabam deixando a produção mais cara", completa.

Uma curiosidade trazida pela jardinista: dizem por aí que o designer Christian Louboutin se inspirou nas folhas da Begônia Maculata cv. Wightii para a criação do famoso solado vermelho de seus sapatos e até que o alto preço da planta é influenciado pela semelhança com as criações do estilista.

O auge das begônias

A designer gráfica Raiana Freitas, que finamente conseguiu ter a sua begônia em casa e comanda o perfil @elaeasplantas, acredita que é justamente o boom de begônias nas redes sociais que fez com que o preço dessa musa vestida de poá subisse tanto.

"Comprei minha Begônia Maculata em outubro de 2020, depois de dois anos tentando encontrar. No ano passado finalmente consegui reservar em maio para receber em outubro", diz.

A designer Raiana demorou dois anos para conseguir comprar sua begônia maculata - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
A designer Raiana demorou dois anos para conseguir comprar sua begônia maculata
Imagem: Arquivo pessoal
begonia maculata raiana plantados - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Ela faz críticas aos elevados preços da planta que ganhou fama
Imagem: Arquivo pessoal

Apesar de afirmar que não foi influenciada pelas redes para adquirir a planta, Raiana conta que vê a ligação desse fenômeno com o superfaturamento da espécie. "Há dois anos, o valor era em torno de R$ 70 a R$ 80 aqui na região de Campinas, onde moro. Agora, no ápice da procura, já vi ser vendida por mais de R$ 450, o que é um absurdo, por mais que ela seja linda", conta.

Para quem busca uma opção que caiba no orçamento, Raiana indica a Begônia Aconifolia, que é tão linda quanto, mas com as folhas mais "serradas". "Esta custa por volta dos R$ 80, já em meio ao aumento da procura", frisa.

Raiana ainda chama a atenção para um outro fator: a retirada de mudas de begônia da natureza. "Há vários relatos de roubo de mudas de begônia e outras espécies na natureza, por causa dessa procura desenfreada e cobiçada pelas 'plantas de Instagram'. Tirar mudas da natureza ou de propriedades privadas sem autorização é crime", frisa, destacando o fato de que muitos influenciadores até compartilham stories roubando mudas.

No local certo

begônia - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
A arquiteta Lua fez teste e descobriu o melhor local da casa para a sua begônia desenvolver bem
Imagem: Arquivo pessoal

Foi também nas redes sociais que a arquiteta Lua Mille Ferreira se encantou pela begônia e passou a procurar pela sua. "Fiz alguns testes de locais da casa para deixar a Begônia, mas como moro no Rio de Janeiro e é muito quente, as folhas estavam ressecando demais. Por fim coloquei na cozinha, que é o cômodo com mais iluminação natural".

Para garantir que a planta siga saudável, Lua aposta na verificação constante do substrato. "Nunca deixo secar por completo, pois a planta sente logo. No verão, também faço adubação a cada 15 dias, intercalando adubo líquido orgânico de composteira e npk 10 10 10", finaliza.