PUBLICIDADE
Topo

Samambaias: um guia completo para deixar de matar as suas

Samambaia - Getty Images
Samambaia
Imagem: Getty Images

Silvia Montico

Colaboração para Nossa

28/12/2020 04h00

A Samambaia é uma das plantas que mais geram dúvidas sobre o cultivo em casa. Com fama de "difíceis de cuidar", já que não gostam de sol e calor em excesso, a espécie costuma frustrar os "pais de plantas" de primeira viagem, que acabam vendo seus vasos amarelarem e perderem folhas.

Se você faz parte desse time, este guia completo sobre como cuidar de samambaias foi pensado especialmente para te ajudar a parar de matar as suas.

De acordo com Stephanie Salateo, criadora de conteúdo sobre plantas no Instagram @salateando, a maioria das pessoas acha difícil cuidar de samambaias, porque conhecem pouco do que ela precisa ou confundem os sinais de falta de umidade com falta de rega.

"São coisas bem diferentes e acho que a maioria das pessoas perde a samambaia por excesso de água", diz.

Regas e umidade adequadas

Folhas desbotadas e menos vigorosas são sinais de desitradação da planta - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Folhas desbotadas e menos vigorosas são sinais de desitradação da planta
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Stephanie diz que o truque para cuidar de samambaias (e de qualquer outra espécie de planta) sem matá-la afogada é simples: "sempre rego todas as minhas plantas, inclusive cactos, em abundância. Jogo água aos poucos e espero escoar pelos furos do vaso. É o único jeito de garantir que toda a raiz vai receber água".

Depois disso, a planta pode ser regada só depois de vários dias. "Durante os meses mais frios, rego a samambaia uma vez por semana e só".

Outros indícios comuns e que mostram que a samambaia não está saudável estão mais relacionados à umidade do que à rega. "Folhas secas tipo 'crocantes' indicam falta de umidade no ambiente. Folhas secas, escuras e mais molinhas indicam excesso de rega. Já a falta de água geralmente é sinalizada através de folhas mais desbotadas e menos vigorosas", explica.

Falta de nutrientes

Atente-se às novas folhas que estão nascendo e sua nutrição - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Atente-se às novas folhas que estão nascendo e sua nutrição
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Segundo Stephanie, um sintoma bastante comum de que a samambaia está com falta de nutrientes é a quebra de novas brotações.

"Geralmente nascem em sentido vertical e quando quebram ao meio pode ser sinal de deficiência de cálcio. Além disso, o surgimento de pragas também indica deficiência desse nutriente", diz.

Pragas e adubação

Adubaçao da samambaia previne o surgimento de pragas - Getty Images - Getty Images
Adubação da samambaia previne o surgimento de pragas
Imagem: Getty Images

Stephanie afirma que o segredo para evitar pragas na Samambaia está, também, na adubação. "Samambaia bem adubada dificilmente vai sofrer com pragas", afirma. Como sua adubação precisa ter cálcio, ela "endurece" a planta e deixa mais difícil dos insetos mastigarem. "Desse modo, os maiores inimigos dessas verdinhas majestosas são mesmo o sol, o vento (que ajuda a tirar a umidade das folhas), e o excesso de rega".

Na dúvida sobre como adubar, Stephanie recomenda o adubo formulado especificamente para Samambaias, pois a espécie precisa de bastante cálcio, ou então o NPK 10-10-10 com micronutrientes.

"O ideal é que estes dois tipos sejam intercalados com adubação orgânica como cascas de ovos, farinha de ossos ou torta de mamona em pouca quantidade. Além disso, as aplicações devem ser feitas cada três meses".

Dicas para usar samambaias na decoração de interiores

A samambaia será sua aliada na decoração de toda a casa - Reprodução/Pinterest - Reprodução/Pinterest
A samambaia será sua aliada na decoração de toda a casa
Imagem: Reprodução/Pinterest

Foi-se o tempo em que Samambaia era considerada "planta de vó". Hoje, impulsionadas pelas redes sociais, elas voltaram à moda com tudo e fazem à cabeça dos pais e mães de plantas. Estão nas varandas dos apartamentos, no meio da sala, na cozinha e até invadiram os banheiros mais iluminados.

"As Samambaias ficam super bonitas penduradas em suportes, como os de macramê, e dessa forma têm espaço para crescer sem precisar se encostar em objetos que podem acabar quebrando suas folhas", aconselha Stephanie.

Outra opção é criar um jardim vertical junto com outras plantas. "Assim fica um microclima mais úmido, o que é benéfico para as folhas finas da Samambaia, que não conseguem reter a umidade do ar por muito tempo", finaliza.