PUBLICIDADE
Topo

Pilea: a planta chinesa que tomou conta da decoração de interiores

Plantinha que representa prosperidade, Pilea conquistou as urban jungles - Getty Images/iStockphoto
Plantinha que representa prosperidade, Pilea conquistou as urban jungles
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Silvia Montico

Colaboração para Nossa

19/12/2020 04h00

A Pilea é uma planta que saltou dos perfis gringos do Instagram para povoar as casinhas brasileiras. Pouco a pouco, esta planta conhecida por suas folhas espessas e arredondadas tem tomado conta da decoração de interiores dos apaixonados por plantas. Afinal, quanto mais espécies variadas em casa, melhor, não é?

Por um tempo, as Pileas eram consideradas raras em terras tupiniquins e bem difíceis de encontrar. Assim, restava babar e apreciar essa verdinha à distância mesmo, nos feeds mundo afora. Porém, atualmente, ela costuma ser encontrada em quase todas as floriculturas e lojas especializadas em plantas e, o melhor, se multiplica praticamente sozinha em casa, dando dezenas de novos brotos.

A paisagista e "nerd de planta" Marina Tadeu, que é especialista em jardinagem indoor, afirma que hoje a Pilea é uma das espécies que está na lista de desejo dos pais de plantas.

E vale a pena investir nela, pois é uma verdinha que não vai dar trabalho, nem decepcionar", conta.

De fácil cuidado, as plantinhas não são nada exigentes em relação à rega e podem se adaptar tranquilamente a áreas com pouca luminosidade. "É uma planta de crescimento rápido e de baixa manutenção, ou seja, uma excelente opção para os iniciantes no mundo verde", afirma Marina.

De superstição chinesa... - Silvia Montico - Silvia Montico
De superstição chinesa...
Imagem: Silvia Montico
...para o Instagram dos "pais de plantas" - Silvia Montico - Silvia Montico
...para o Instagram dos "pais de plantas"
Imagem: Silvia Montico

Ah, e além de lindas, elas ainda são amigas dos bebês e dos pets. "Olha que alegria: a Pilea está na lista das plantas não tóxicas para humanos e animais de estimação", completa.

Segundo Marina, a história da origem e popularização da Pilea é curiosa. "Originária da província de Yunnan, no sudoeste da China, a espécie ficou conhecida como planta-chinesa-do-dinheiro, por ter folhas redondas em formato de moeda. Acreditava-se que ela trazia fortuna e abundância para quem a tivesse e esse fato aumentou e muito sua popularidade!", comenta.

Mais Pileas de Marina Tadeu - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Mais Pileas de Marina Tadeu
Imagem: Arquivo pessoal
Mais Pileas de Marina Tadeu - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Mais Pileas de Marina Tadeu
Imagem: Arquivo pessoal

Novos brotos

A paisagista, que dá dicas sobre como cuidar de plantas no perfil @eueumesmaeasplantas, conta que uma Pilea saudável e feliz vai gerar pequenos "filhotes", que podem ser propagados em novos vasos. "Assim você pode ter várias 'pileinhas' em casa, ou quem sabe até presentear um amigo", incentiva.

Mas como garantir que a Pilea esteja saudável e gere os tais novos brotinhos que são uma das suas sensações? Algumas dicas de cultivo vão ajudar você a manter as suas sempre lindas e com as folhas brilhantes.

Pilea é fácil de cuidar - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Pilea é fácil de cuidar
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Luz natural

A Pilea adora claridade e precisa de um local com bastante luz indireta para crescer e se desenvolver. "Mesmo sendo da família das suculentas, não coloque sua Pilea no sol direto, pois ela vai se queimar toda. Para evitar que cresça desequilibrada se entortando à procura de claridade, gire a planta pelo menos duas vezes por semana", explica Marina.

A Pilea é uma ótima planta para se ter em ambientes com pouca luminosidade. "Ela é capaz de se adaptar a locais com menos luz. Mas, nessas condições, as folhas vão ficar com um verde mais escuro, mais espaçadas e o seu desenvolvimento será mais lento. Ao notar algumas folhas nascendo fora do padrão arredondado, é preciso atenção, pois ela pode estar realmente precisando de mais luz", adverte a paisagista.

Água e umidade

É necessário deixar que o solo seque entre uma rega e outra, pois a Pilea não gosta de solo encharcado. "Uma boa dica é observar as folhas: quando elas começarem a parecer um pouco caídas, é hora de regar a sua planta. Em climas mais quentes, elas precisam ser regadas com mais frequência", diz.

Nas folhas, a planta gosta de umidade. Por isso, a dica é borrifar água com frequência, principalmente em períodos mais secos.

Olho no exagero de luz e água para deixar sua Pilea sempre saudável - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Olho no exagero de luz e água para deixar sua Pilea sempre saudável
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Temperatura

O ideal é sempre preferir lugares arejados para deixar a planta, para que ela não se sinta abafada. "É melhor evitar deixá-la passando muito calor, pois pode acontecer de ela se estressar e perder algumas folhas. O frio em excesso também vai prejudicá-la. Mantenha sua planta longe das baixas temperaturas e principalmente do ar-condicionado".

Adubação e cuidados adicionais

Marina aconselha que para obter melhores resultados com as Pileas, o ideal é usar adubo líquido. "Uma opção equilibrada e completa é o Bokashi. Mas indico usar apenas a metade da dosagem recomendada, de preferência durante a primavera e o verão", diz.

Manchas brancas nas folhas indicam que sais e produtos químicos na água podem ser os vilões. "Regue com água filtrada ou deixe a água da torneira em um recipiente aberto durante a noite antes de regar. Isso ajuda a remover parte do cloro e do flúor", orienta a paisagista.

Pilea precisa de adubação cuidadosa - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Pilea precisa de adubação cuidadosa
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Amarelou?

Se sua Pilea está sofrendo, é provável que ela vá demonstrar os sinais através do amarelamento das folhas. "É um dos casos mais frequentes e é levemente complexo, pois as folhas da Pilea amarelam por vários motivos", dia Marina. Além dos cuidados já citados acima, fique atento a outras dicas:

Pragas

Uma Pilea enfraquecida ou estressada é mais suscetível a infestações de insetos. Insetos sugadores de seiva, como os ácaros, cochonilhas e pulgões podem sugar a umidade da planta. Esse ataque acaba provocando também o amarelamento das folhas. "Se não forem combatidas logo no início, as pragas se multiplicam muito rapidamente e podem acabar matando sua planta. Fique de olho!".

Além de água e luminosidade, é essencial proteger sua Pilea das pragas - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Além de água e luminosidade, é essencial proteger sua Pilea das pragas
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Um pouco de amarelamento é natural

Se a Pilea está se desenvolvendo bem, com vários brotinhos novos, é normal que as folhas mais velhas amarelem e cheguem até a cair. "Ao perder as folhas velhas, ela libera mais energia para novas folhas em crescimento".