PUBLICIDADE
Topo

Aos 48 anos, Max Biaggi pode retornar à MotoGP para testes com a Aprilia

Italiano participou de testes particulares com a Aprilia em Sepang no começo de 2020 - @maxbiaggi/Twitter
Italiano participou de testes particulares com a Aprilia em Sepang no começo de 2020 Imagem: @maxbiaggi/Twitter

Do UOL, em São Paulo

14/01/2020 13h58

Aos 48 anos, Max Biaggi pode aparecer nos testes de pré-temporada da MotoGP. Mesmo afastado da categoria desde o fim de 2005, o italiano é cotado para participar de testes com a equipe Aprilia no mês de fevereiro, na Malásia.

Segundo o site da revista Autosport, Biaggi ocuparia a vaga de Andrea Iannone, suspenso provisoriamente em dezembro depois que um exame registrou a presença de uma substância anabólica no piloto. Iannone tem contrato com a equipe até o fim de 2020.

A imprensa italiana afirma que a contraprova do italiano de 30 anos também teria testado positivo, o que o tiraria dos testes em Sepang. O piloto nega o uso de substâncias proibidas e afirma ter sido vítima de uma contaminação alimentar.

A revista diz ainda que o piloto de testes da Aprilia, Bradley Smith, deve ter "um maior envolvimento com o programa de testes da fabricante" ao lado de Aleix Espargaró, titular do time na MotoGP, sem deixar claro se Smith e Biaggi participaram dos testes.

No último final de semana, o próprio Biaggi publicou uma imagem a respeito dos rumores, sem descartá-los. "Tentação maravilhosa! Vamos pilotar no assento da Aprilia MotoGP? Estamos começando a sonhar?", escreveu o italiano, que dias antes registrou imagens de testes particulares pela fabricante na própria pista de Sepang.

Tetracampeão da categoria 250cc (1994, 1995, 1996 e 1997), Max Biaggi esteve na elite da motovelocidade (500cc/MotoGP) entre 1998 e 2005. Nas oito temporadas, não foi campeão, mas teve três vice-campeonatos (1998, 2001 e 2002) e três terceiros lugares (2000, 2003 e 2004). Depois, disputou a Superbike entre 2007 e 2015, sendo campeão em 2010 e 2012.

Esporte