PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Análise: Como os garotos do Flamengo conseguiram a primeira vitória no Carioca

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/01/2022 08h00

Neste dia 26 de janeiro de 2022, a bola rolou para o início de mais um Campeonato Carioca, no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, com o Flamengo recebendo a Portuguesa, que sempre se constitui de um grande adversário, e hoje não foi diferente.

A partida começou agitada com o zagueiro Leandro Amaro perdendo a bola na sua intermediária, dando oportunidade para uma arrancada maravilhosa de André, que invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Carlão, pênalti marcado e convertido por Lázaro aos quatro minutos do primeiro tempo.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Com 1 a 0 no marcador, o Flamengo dominou a partida inteiramente até os 15 minutos, quando a Portuguesa fez o seu primeiro ataque, que foi defendido pelo goleiro Matheus Cunha.

Aos 26 minutos, Noga recolheu na sua zaga-central e meteu uma esticada para o comando de ataque, onde Lázaro levou muito perigo para a meta da Portuguesa, perdendo, talvez, a melhor oportunidade do primeiro tempo.

Logo em seguida, Yuri também perdeu uma chance maravilhosa para o segundo gol. Aos 42 minutos do primeiro tempo, quem perdeu uma oportunidade dentro do gol foi Pirambu, da Portuguesa, que se assustou com o cruzamento preciso de Romarinho, que o descobriu livre na marca do pênalti.

O primeiro tempo terminou 1 a 0 para o Flamengo. É bom lembrarmos a atuação segura da zaga rubro-negra formada pelos garotos Wesley, Noga, Cleiton e Marcos Paulo, não deixando de citar o goleiro Matheus Cunha, que também jogou muito bem. O meio de campo do Flamengo está pronto para servir o time titular todas as vezes que for chamado. Todos são excelentes jogadores. Igor Jesus, Yuri e Matheus França, que já é cobiçado pelo futebol europeu e teve seu contrato renovado com multa milionária.

O que dizer de um ataque formado pelos talentos de Lázaro, André Luiz, que depois deu seu lugar para Ryan Luka, Thiaguinho, que saiu para a entrada de Petterson. No time do Flamengo, o técnico ainda escalou Kayke David, mais uma promessa da Gávea, na vaga de Igor Jesus.

O time rubro-negro é jovem, mas mostrou que está preparado para enfrentar a maratona do futebol brasileiro neste ano de 2022.

O período complementar foi igual. A Portuguesa voltou com o pensamento de causar problemas para o time da Gávea. Aos três minutos deste período final, Watson saltou com Marcos Paulo e sem querer acertou o nariz do jogador do Flamengo, que começou a sangrar e ele teve que deixar o campo para ser socorrido pelo departamento médico rubro-negro.

O Flamengo voltou com o mesmo apetite, tentando o gol a toda hora. Aos sete minutos, Lázaro fez a jogada mais bonita da partida, invadindo pelo flanco esquerdo e cruzando de letra para que Thiaguinho pudesse perigar a meta da Portuguesa. Thiaguinho não fez, mas no rebote Lázaro emendou e fez o segundo gol do Flamengo.

A equipe da Gávea dominava o jogo e ninguém esperava que a defensiva do Flamengo tivesse um apagão e desse oportunidade para que Sanchez, completamente livre, de cabeça, diminuísse o placar: 2 a 1.

O técnico Fábio Matias tirou Lázaro, que estava sentindo câimbras, e colocou Werton. Maikinho atacou com perigo, invadiu a área, trombou com o goleiro e perdeu grande oportunidade de empatar. O Flamengo respondeu com Thiaguinho, aos 34 minutos, com o goleiro Carlão fazendo uma das defesas mais bonitas do jogo.

+ Sob olhares de Paulo Sousa na Ilha, Flamengo vence Portuguesa em estreia no Carioca

+ Atuações ENM: Lázaro marca dois e comanda a vitória do Flamengo sobre a Portuguesa-RJ; veja notas

Aos 46 minutos, Victor Feitosa perdeu o empate para a Portuguesa dentro do gol. Foi um verdadeiro milagre do goleiro Matheus Cunha.

Está aí o início do Campeonato Carioca, com o Flamengo estreando com uma equipe da base que é muito forte e que tem nomes capazes de defender, com tranquilidade e precisão, a grande nação rubro-negra. O melhor jogador desta noite foi, sem dúvida, Lázaro, o autor dos dois gols rubro-negros.

Futebol