PUBLICIDADE
Topo

Futebol

DJ italiano acusa Conor McGregor de tê-lo agredido com um soco em boate

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/10/2021 14h16

Conor McGregor deve ficar ainda mais um bom tempo sem lutar, enquanto se recupera da lesão na perna sofrida durante a trilogia contra Dustin Poirier. Mas o nome do ‘Notorious’ voltou a aparecer ligado a confusões, como aconteceu neste final de semana

A mais nova envolvendo o irlandês é uma acusação feita pelo DJ italiano Francesco Fachinetti nas redes sociais, que afirmou que o astro do UFC teria lhe dado um soco ‘sem motivo algum’ dentro de uma boate em Roma (ITA).

No relato, Fachinetti exibiu o que seria um ferimento na boca resultante do soco de McGregor e afirmou que o incidente ocorreu sem que tivesse tido uma discussão ou algum tipo de ato que gerasse tal problema, já que relatou que antes do soco teria convidado o lutador para ir para outra festa.

– Às 2h30 da manhã, fui atacado por Conor McGregor. O famoso Sr. McGregor me deu um soco na boca sem motivo algum. Ele quebrou meu nariz na frente de dez testemunhas, amigos e seguranças – afirmou o DJ, que aproveitou para disparar contra o irlandês, afirmando que este seria ‘uma pessoa violenta e perigosa’

– Conversamos por duas horas e nos divertimos juntos. Eu poderia ficar calado e não dizer nada, mas já que estou aqui para dizer, quero afirmar que McGregor é uma pessoa muito violenta e perigosa. Tomei um soco por nada, este soco poderia ter acertado a minha mulher, um dos meus amigos ou outras pessoas. Por isso, decidi que irei processá-lo, porque é uma pessoa violenta e perigosa. – completou.

Wilma, esposa de Francesco Fachinetti, deu o relato também nas redes sociais sobre o caso envolvendo o astro do MMA e seu marido. Na postagem, disse que acreditava que o golpe seria ‘brincadeira’ do irlandês até o ver sendo segurado por amigos para que não atacasse ainda mais o DJ. E fez uma espécie de ‘apelo’ pedindo que outros evitem se aproximar do lutador.

– Do nada, ele deu um soco em Francesco. Ele estava nos convidando para outra festa e Francesco disse ‘vamos lá’ e aí ele deu um soco nele. Por sorte, o soco dele (McGregor) não foi muito forte porque ele estava muito perto. Pensei se aquilo era uma brincadeira e vi que haviam amigos dele o segurando porque ele queria continuar batendo em Francesco. Eles o tiraram de lá e os seguranças o removeram da boate. Eu queria o ajudar e os seguranças nos expulsaram. Conor McGregor ficará na Itália até o dia 26, então se você o vir, se afaste dele porque é uma pessoa instável e perigosa – afirmou.

Futebol