PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jorginho faz 2 de pênalti, e Chelsea goleia; CR7 garante virada do United

21/10/2021 00h51

Redação Central, 20 out (EFE).- O Chelsea se reabilitou nesta quarta-feira na Liga dos Campeões, ao golear o Malmö, da Suécia, por 4 a 0, em partida disputada no estádio Stamford Bridge que teve dois gols marcados pelo meia brasileiro naturalizado italiano Jorginho, ambos, em cobranças de pênalti.

O catarinense, um dos finalistas do Prêmio Bola de Ouro, entregue ao melhor jogador do mundo pela revista francesa "France Football", balançou a rede aos 21 minutos do primeiro tempo e aos 12 do segundo.

O Chelsea, que vinha de derrota para a Juventus na segunda rodada do grupo H da 'Champions', ainda marcou com gols do zagueiro dinamarquês Andreas Christensen, que abriu o placar da partida, após completar passe de Thiago Silva, e do atacante alemão Kai Havertz.

No outro jogo do grupo, a Juventus visitou o Zenit São Petersburgo e arrancou vitória por 1 a 0, resultado que deixou a equipe italiana na liderança isolada, com nove pontos, três a mais que os atuais campeões do torneio. A equipe russa aparece na terceira posição, com três pontos, seguida pelo lanterna, Malmö.

No jogo disputado na Gazprom Arena, o artilheiro solitário foi o meia sueco Dejan Kulusevski, que marcou para o time de Turim aos 42 da etapa complementar.

UNITED VIRA.

No estádio Old Trafford, pelo grupo F do torneio continental, a Atalanta deu susto no Manchester United, que contou mais uma vez com o poder de decisão de Cristiano Ronaldo para virar o placar e garantir vitória por 3 a 2, que valeu a liderança da chave.

Os Diabos Vermelhos viram o adversário começar de forma fulminante e marcar com o meia croata Mario Pasalic, aos 15 do primeiro tempo, e com o zagueiro turco Merih Demiral, pouco depois, aos 29.

Na etapa complementar, o atacante inglês Marcus Rashford descontou aos 8, o zagueiro inglês Harry Maguire foi buscar a igualdade aos 30, e coube ao badalado camisa 7 anotar o terceiro, já aos 36, decretando assim a reviravolta no placar.

A vitória fez o United chegar aos seis pontos e assumir a primeira posição, deixando a própria Atalanta com quatro, mesma pontuação do Villarreal, que superou hoje o Young Boys, na Suíça, por 4 a 1.

CEBOLINHA MARCA CONTRA.

Em Portugal, Benfica e Bayern de Munique duelaram pela liderança do grupo E, em duelo que a equipe alemã impôs a superioridade, goleou por 4 a 0, e em que o atacante brasileiro Everton Cebolinha marcou gol contra.

No Estádio da Luz, os visitantes mostraram persistência para manter o aproveitamento de 100%, já que tiveram dois gols anulados pelo VAR, aos 43 do primeiro tempo, anotado pelo atacante polonês Robert Lewandowski, e aos 7 do segundo, do meia-atacante alemão Thomas Müller.

Só aos 25 da etapa complementar, o atacante alemão Leroy Sané conseguiu abrir o placar para o Bayern. Dez minutos depois, o ex-Grêmio, que havia acabado de entrar em campo, tentou cortar bola cruzada na área e acertou a própria meta.

Nos instantes finais, Lewa e Sané anotaram o terceiro e o quarto gol da equipe de Munique, respectivamente, dando números finais à goleada no Estádio da Luz.

Com a vitória, o Bayern chegou aos nove pontos e lidera a chave de maneira isolada, enquanto o Benfica é vice-líder, com quatro.

Pela mesma chave, o Barcelona marcou os primeiros pontos e manteve acesa a esperança de garantir classificação à próxima etapa da 'Champions' ao derrotar o Dínamo de Kiev por 1 a 0, em partida disputada no estádio Camp Nou.

O gol solitário da partida foi marcado pelo zagueiro espanhol Gérard Piqué, aos 36 minutos do primeiro tempo.

OUTROS JOGOS.

Pelo grupo G, o Red Bull Salzburg deu grande passo para se garantir nas oitavas de final, ao vencer o Wolfsburg, em casa, por 3 a 1. O meia suíço Noah Okafor, que mexeu no placar duas vezes, e o atacante alemão Karim Adeyemi marcaram para o time austríaco, que chegou aos sete pontos.

Na França, Lille e Sevilla ficaram no empate em 0 a 0, que deixa as equipes com dois e três pontos na tabela, respectivamente. Ambos estão na frente dos Lobos, que também marcaram dois pontos até o momento na competição. EFE

Esporte