Topo

Esporte


Ex-técnico da Argentina continua na UTI, mas respira sem ajuda de aparelhos

22/07/2019 21h35

Buenos Aires, 22 jul (EFE).- Técnico campeão do mundo com a Argentina em 1986, Carlos Bilardo continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Buenos Aires com um quadro de hidrocefalia de pressão normal (HPN), mas já respira sem a ajuda de aparelhos.

"Dentro da gravidade do caso, está se recuperando pouco a pouco. Hoje passou a respirar sem aparelhos, e é um avanço", disse o ex-goleiro Nery Pumpido ao canal "Fox Sports" depois de visitar aquele que o dirigiu na Copa do Mundo na qual a Argentina se sagrou bicampeã.

"Carlos mostra vontade de seguir em frente, para nós é uma pessoa muito importante", acrescentou.

Bilardo está internado em tratamento intensivo desde o último dia 4 no Instituto Argentino de Diagnóstico e Tratamento.

O mais recente boletim médico foi divulgado na sexta-feira passada e informava que o ex-treinador, de 81 anos, estava internado em tratamento intensivo com previsão reservada.

Bilardo passou por uma cirurgia no cérebro em 6 de junho de 2018 devido à hidrocefalia de pressão normal, também chamada síndrome de Hakim-Adams, que afeta 5 em cada 100.000 pessoas e costuma ser difícil de ser diagnosticada, porque começa a ser manifestada com "transtornos muito inespecíficos", como a demência, dificuldade ao caminhar ou incontinência urinária, conforme explicou na ocasião o neurocirurgião que o operou, Pedro Lylyk.

Bilardo, que também é ginecologista, foi técnico da Argentina de 1982 a 1990, época de maior glória de Diego Maradona com a camisa da 'Albiceleste'. Além do título mundial em 1986, Bilardo foi o técnico na Copa seguinte, em 1990, em que a Argentina foi vice-campeã.

O treinador também dirigiu as seleções de Colômbia, Guatemala e Líbia e, em clubes, comandou Estudiantes (onde começou e terminou a carreira como técnico), Boca Juniors, San Lorenzo, Deportivo Cali e Sevilla.

Além disso, de 2008 a 2014 foi diretor esportivo da seleção argentina.

Como jogador, Bilardo foi meia de San Lorenzo, Deportivo Español e Estudantes, onde pendurou as chuteiras em 1970. EFE

Esporte