Topo

Esporte


Rueda mantém os pés no chão após goleada na estreia: "Não somos o Dream Team"

18/06/2019 01h14

São Paulo, 17 jun (EFE).- O técnico do Chile, Reinaldo Rueda, pediu na noite de segunda-feira que seus jogadores mantenham o equilíbrio e prudência, após a goleada de 4 a 0 imposta sobre o Japão, na estreia das equipes no grupo C da Copa América.

"Não somos o 'Dream Team', como antes também não éramos um desastre. É preciso assimilar com equilíbrio este triunfo e que seja um suporte psicológico para a Copa América e as eliminatórias do Mundial do Catar", disse o treinador colombiano, na entrevista coletiva após a partida disputada no Morumbi, em São Paulo.

Rueda estava satisfeito porque a 'Roja', atual bicampeã da competição, conseguiu anular a temida "síndrome do campeão", segundo a qual, a seleção que defende o título geralmente começa com resultado negativo.

"Os atuais campeões normalmente estreiam mal, portanto, o desafio era que o síndrome do campeão não acontecesse hoje", afirmou.

Rueda reconheceu que o Japão conseguiu "desequilibrar" o Chile em algumas partes do duelo desta segunda, mas seu time conseguiu reagir e tomou conta da partida.

Apesar da goleada, o treinador com passagem pelo Flamengo em 2017, continua deixando sua seleção de fora da lista dos favoritos ao título. Para Rueda, Brasil, Uruguai e Colômbia são as principais equipes da Copa América. EFE

Mais Esporte