Topo

Esporte


Lyon passa fácil pelo Barcelona e conquista a Champions feminina pela 6ª vez

18/05/2019 15h29

Redação Central, 18 mai (EFE).- O Lyon, graças a um começo avassalador de jogo e três gols da atacante norueguesa Ada Hegerberg, melhor jogadora do mundo na atualidade, passou neste sábado pelo Barcelona por 4 a 1 e conquistou pela sexta vez na história o título da Liga dos Campeões feminina.

Em decisão disputada na Groupama Arena, em Budapeste, na Hungria, a equipe vencedora das duas edições mais recentes do torneio, abriu o placar logo aos 5 minutos do primeiro tempo, quando a meia alemã Dzsenifer Marozsan balançou a rede.

Logo depois, começou o show de Hegerberg, que marcou aos 14, aos 19 e aos 30 da etapa inicial. Com a atuação de hoje, a norueguesa chegou a sete gols na 'Champions', terminando como vice-artilheira, atrás da dinamarquesa Pernille Harder, do Wolfsburg.

No segundo tempo, aos 44, a atacante nigeriana Asisat Oshoala descontou para o Barça, que disputou a primeira final continental.

A única brasileira em campo na decisão foi a meia-atacante Andressa Alves, convocada para disputar a Copa do Mundo, que entrou em campo aos 24 da etapa complementar, em substituição a meia espanhola Aitana Bonmatí.

Com o título conquistado hoje, o Lyon, que ergueu a taça em 2011, 2012, 2016, 2017, 2018 e 2019, passa a ter dois troféus a mais que o FFC Frankfurt, da Alemanha, que não participou deste edição da Liga dos Campeões. EFE

Mais Esporte