Topo

Esporte


Rali Dakar será disputado na Arábia Saudita a partir de 2020

Flavien Duhamel/Red Bull Content Pool/Divulgação
Imagem: Flavien Duhamel/Red Bull Content Pool/Divulgação

Da EFE, em Paris

15/04/2019 12h58

A próxima edição do Rali Dakar será realizada no deserto da Arábia Saudita, após dez edições da competição na América do Sul e 30 na África, conforme divulgaram nesta segunda-feira os organizadores da prova.

Esta será a primeira vez que a tradicional disputa chegará ao continente asiático, e a segunda com apenas um país como sede.

Há algumas semanas, cresceram as especulações de que o Dacar partiria para o Oriente Médio, a partir das saída de inúmeros países da organização do rali de resistência. Em 2018, Peru, Bolívia e Argentina receberam a competição, mas, neste ano, só o primeiro.

"As desistências nos levaram a ser mais ativos na busca por outros países. Não posso saber como será a economia desses países dentro de um ano, e o Dacar tem a responsabilidade organizar uma prova de qualidade", disse Etienne Lavigne, ex-diretor da disputa, em entrevista concedida à Agência Efe em maio passado.

Além da Arábia Saudita, outras opções que foram avaliadas foram Angola e África do Sul, o que representaria um retorno ao continente africano, onde o Rali Dacar nasceu, em disputa que ia de Paris até a capital do Senegal.

Atual diretor da competição, David Castera destacou as qualidades do novo palco da prova, que conta com o apoio do governo saudita, e prometeu muitas emoções.

"Uma geografia monumental propicia para buscar rotas ousadas. Esporte, navegação, superação pessoal se ampliarão nestas regiões feitas para um rali por períodos", garantiu o espanhol.

Mais Esporte