PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Equipe encontra corpos de italiano e britânico desaparecidos no Nanga Parbat

09/03/2019 13h26

(Acrescenta detalhes e confirma que corpos não serão resgatados).

Islamabad, 9 mar (EFE).- A equipe de busca do alpinista espanhol Alex Txikon informou ter encontrado os corpos do italiano Daniele Nardi e do britânico Tom Ballard, desaparecidos desde 24 de fevereiro no Nanga Parbat, no Paquistão.

"Com grande tristeza informo que a busca por Daniele Nardi e Tom Ballard acabou após a confirmação de Alex Txikon e de sua equipe de busca, que avistaram as silhuetas de ambos no Mummery a cerca de 5,9 mil metros. RIP.", informou em sua conta do Twitter o embaixador italiano em Islamabad, Stefano Pontecorvo.

Karrar Haidri, secretário do Clube Alpino do Paquistão, federação governamental de montanhismo responsável pela coordenação da operação, também confirmou à Agência Efe a morte dos alpinistas e explicou que os corpos não poderão ser resgatados devido à altitude na qual aconteceu a tragédia.

"Os corpos não foram recuperados, não é possível tirá-los de tal altura. Ficarão lá para sempre", disse Haidri.

Em mensagem pública compartilhada pelo secretário do Clube Alpino, a família do italiano agradeceu o apoio de Txikon e dos outros membros da equipe de busca, entre outros, por sua "colaboração e generosidade".

Nardi e Ballard desapareceram há duas semanas a 6.250 metros no Nanga Parbat (8.125m) quando tentavam chegar ao cume pelo perigoso esporão Mummery.

O basco, por sua vez, estava no Paquistão para tentar se transformar no primeiro a chegar ao cume no inverno do K2 (8.611 m), a segunda montanha mais alta do mundo depois do Everest, quando recebeu a notícia da desaparição e decidiu se somar às buscas.

O Nanga Parbat é conhecido como a "montanha da morte", pois 80 alpinistas morreram no local desde a primeira tentativa de escalá-lo, em 1895. O primeiro a conseguir tal façanha foi o austríaco Hermann Bulh, em 1953.

A montanha tem uma parede de 4 mil metros, o que representa um dos maiores desafios em um monte no qual, além disso, são frequentes as avalanches. EFE

Esporte