PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sarri se nega a cumprimentar Guardiola após derrota histórica pelo Inglês

10/02/2019 18h25

Londres, 10 fev (EFE).- O técnico do Chelsea, Mauricio Sarri, não quis cumprimentar Josep Guardiola, comandante do Manchester City, após a goleada histórica sofrida pelos 'Blues' neste domingo.

Ao fim da vitória por 6 a 0 dos 'Citizens' no Etihad Stadium, Guardiola se aproximou do banco de reservas do rival, uma tradição no país, e observou Sarri indo embora sem cumprimentá-lo.

Foi o ex-jogador Gianfranco Zola, assistente técnico do Chelsea, que manteve a elegância e conversou com Guardiola. O comandante do City, no entanto, não quis polemizar o episódio.

"Zola me disse que Sarri não me viu. Eu entendo, não tenho nenhum problema com Sarri", disse Guardiola, minimizando o caso.

A derrota foi a maior sofrida pelo Chelsea na história da Premier League, que começou a ser disputada no atual formato em 1992. EFE

Esporte