PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Scolari diz que Boca Juniors deveria ser declarado campeão da Libertadores

26/11/2018 00h26

Rio de Janeiro, 25 nov (EFE).- Luis Felipe Solari, técnico do Palmeiras e que se tornou neste domingo campeão brasileiro, disse que o Boca Juniors deveria ser declarado vencedor da Taça Libertadores deste ano após os incidentes provocados por torcedores do River Plate e que obrigaram ao adiamento da final.

"O Boca tem razão em não jogar. Se eu estivesse no Boca, não jogaria. Não sei como está Pablo (Pérez), grande capitão do time, grande jogador. Não sei como está do problema da vista. Se eu estivesse lá, não jogaria. Há um precedente disto, que ocorreu há três anos e foi dada a vitória ao River. Para ser correto, deveria ser declarado vencedor o Boca", disse Scolari.

O Boca, que eliminou o Palmeiras na semifinal da Libertadores deste ano ao vencer em casa por 2-0 e empatar como visitante em 2 a 2, deveria disputar a final da Libertadores contra o River no sábado no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires.

Os incidentes violentos causados pelos torcedores do River contra o ônibus no qual viajava a equipe do Boca levaram ao adiamento da partida de volta da final da Taça Libertadores.

Segundo a Conmebol, está descartado que a partida decisiva seja jogada fora do território argentino e sugere que pelo princípio de igualdade, assim como a ida foi disputada no estádio do Boca, a volta deve ser na do River.

Esporte