PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasil passa fácil pela Sérvia e terá chance de revanche na final do Mundial

29/09/2018 19h35

(Atualiza com o resultado do jogo entre EUA e Polônia).

Turim (Itália), 29 set (EFE).- O Brasil disputará neste domingo a decisão do Mundial masculino de vôlei pela sexta vez na história, a quinta seguida, depois de ter vencido a Sérvia por 3 a 0 neste sábado em Turim, com parciais de 25-22, 25-21 e 25-22, na primeira das semifinais.

Será uma chance de revanche para os tricampeões do torneio, já que o adversário na final será a Polônia, que faturou o título em casa quatro anos atrás e deixou a equipe sul-americana com o vice.

O saque foi, em grande parte, o fiel da balança a favor dos atuais campeões olímpicos no primeiro set, que começou com dois aces de Bruninho. A equipe sul-americana chegou a abrir 10-6 e 16-11, mas viu os sérvios diminuírem para 16-15, 18-16 e 22-20 até fechar em 25-22.

Na segunda parcial, o equilíbrio foi visto até pouco antes da metade, com um empate em 11-11. A partir de então, o Brasil deslanchou, abriu uma vantagem de quatro pontos e a administrou até fazer 25-21.

Os jogadores comandados por Vladimir Gbric obrigaram Renan Dal Zotto a pedir tempo duas vezes ainda longe da fase final da terceira parcial, em 0-3 e 12-15. Entretanto, depois do mau começo, os tricampeões mundiais reagiram e resolveram a partida em sets diretos, garantindo a volta à final.

Campeão em 2002, 2006 e 2010 e vice em 1982 e na última edição do torneio, em 2014, o Brasil terá pela frente a Polônia amanhã. A defensora do título bateu os EUA, que lutarão contra a Sérvia pelo terceiro lugar, em cinco sets. As parciais foram de 25-22, 20-25, 23-25, 25-20 e 15-11.

Esporte