PUBLICIDADE
Topo

Esporte

City bate Burnley e conta com tropeço do United para disparar no Inglês

21/10/2017 16h54

(Atualiza com resultado de Southampton e West Bromwich).

Londres, 21 out (EFE).- O Manchester City superou neste sábado o Burnley por 3 a 0, em casa, alcançando a marca de 11 vitórias consecutivas na temporada, e ainda aumentou para cinco pontos a vantagem para o Manchester United, na liderança do Campeonato Inglês.

O principal destaque da partida foi o atacante argentino Sergio Agüero, que voltou ao time, após afastamento por lesão na costela, sofrida em acidente de carro há três semanas, na Holanda. O camisa 10 jogou na vaga de Gabriel Jesus e abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo, cobrando pênalti.

Com o gol, o jogador, de 29 anos, que chegou aos 'Citizens' em 2011, chegou a 177 com a camisa do clube. Com isso, igualou o inglês Eric Brook, que atuou na equipe entre 1928 e 1939, como maior artilheiro do Manchester City.

Com a vitória, o time do goleiro Ederson e do Fernandinho, ambos titulares, e o lateral-direito Danilo, que ficou 90 minutos no banco, chegou aos 25 pontos, se mantendo isolado na ponta da competição. O Burnley, por sua vez, segue com 13 pontos, em nono.

O Manchester United, que começou a rodada dois pontos atrás do City, viu a distância aumentar para cinco, com a derrota sofrida fora de casa para o Huddersfield por 2 a 1. Este foi o primeiro revés dos Diabos Vermelhos para a equipe, recém-ascendida à elite do Inglês.

O meia australiano Aaron Mooy abriu o placar para os anfitriões aos 28 do primeiro tempo. O atacante belga Laurent Depoitre ampliou cinco minutos depois. O gol de honra dos visitantes só saiu aos 32 da etapa complementar, marcado pelo atacante inglês Marcus Rashford.

Mais cedo, no primeiro compromisso do dia pela nona rodada, o Chelsea encerrou série de duas partidas sem vitória e passou pelo Watford, em casa, por 4 a 2. O resultado levou os atuais campeões para a quarta posição, com 16 pontos.

O atacante espanhol Pedro colocou os 'Blues' na frente aos 11 minutos. O meia francês Abdoulaye Doucouré empatou aos 47 da etapa inicial, e o meia argentino Roberto Pereyra, com passe do atacante Richarlison, virou aos 4 do segundo tempo.

O atacante belga Michy Batshuayi balançou duas vezes, e o lateral-direito espanhol César Azpilicueta também marcou para o Chelsea.

O Newcastle passou em seus domínios pelo lanterna Crystal Palace por 1 a 0, graças a gol do meia espanhol Mikel Merino, marcado aos 41 minutos do segundo tempo. Agora, os 'Magpies' ocupam o sexto posto, com 14 pontos.

O Leicester, no primeiro jogo após a demissão do técnico inglês Craig Shakespeare, derrotou fora de casa o Swansea por 2 a 1, deixando assim a zona de rebaixamento. O zagueiro argentino Federico Fernández, contra, e o meia japonês Shinji Okazaki marcaram os gols dos 'Foxes'.

No duelo do vice-lanterna com o antepenúltimo colocado, venceu o time de pior colocação, no caso, o Bournemouth, que passou fora de casa pelo Stoke City por a 2 a 1. Apesar do resultado, os visitantes não conseguiram subir na classificação.

No último jogo deste sábado pela competição, o Southampton passou em casa pelo West Bromwich por 1 a 0, subindo assim para o décimo lugar na tabela. O gol solitário do jogo foi marcado pelo meia marroquino Sofiane Boufal, aos 40 minutos do segundo tempo.

Esporte