PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Everton suspende torcedor que agrediu jogador rival enquanto segurava criança

20/10/2017 16h02

Londres, 20 out (EFE).- O Everton proibiu a partir desta sexta-feira o acesso ao estádio Goodison Park para um torcedor do clube que estava com uma criança nos braços e agrediu o goleiro Anthony Lopes, do Lyon, na última quinta-feira.

Aos 19 minutos do segundo tempo da partida que terminou com a derrota em casa da equipe de Liverpool por 2 a 1, o zagueiro Ashley Williams, do Everton, empurrou o goleiro Anthony Lopes contra as placas de publicidade após o jogador do Lyon ter saltado para pegar a bola na linha de fundo.

O incidente gerou uma briga em campo entre os jogadores de ambas as equipes e as câmeras de televisão gravaram um torcedor dos 'Toffees' batendo em Lopes enquanto segurava uma criança. Após a reclamação dos jogadores, o torcedor foi detido pelos seguranças do estádio.

"Funcionários do clube revisaram as imagens do ocorrido na partida contra o Lyon, quando os torcedores na parte baixa da arquibancada Gwladys Street End se envolveram em uma briga com os jogadores. Identificamos uma pessoa e tomamos ações: não poderá voltar a comparecer a partidas do Everton e o clube apresentará uma queixa oficial à polícia", informou o Everton em comunicado.

A Uefa abriu nesta sexta-feira um procedimento disciplinar contra o clube inglês e o acusou de "agressões de torcedores contra jogadores" em virtude de seus regulamentos disciplinares.

Esporte