PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Willian José faz 4 em vitória da Real Sociedad e quebra jejum brasileiro

19/10/2017 17h12

Redação Central, 19 out (EFE).- O atacante Willian José balançou as redes quatro vezes nesta quinta-feira, na goleada da Real Sociedad sobre o Vardar por 6 a 0, na Macedônia, e se tornou o primeiro brasileiro a marcar três gols ou mais em competições continentais de clubes no Velho Continente.

Em jogo pelo grupo L da Liga Europa, o camisa 12 da equipe basca deixou sua marca duas vezes no primeiro tempo, aos 34 e aos 42 minutos, e mais duas na etapa complementar, aos 10 e 14. Logo depois de fazer o quarto, o jogador com passagem pelo Real Madrid foi substituído pelo técnico Eusebio Sacristán, para dar lugar ao jovem atacante espanhol Jon Bautista.

Além de Willian José, o meia espanhol Mikel Oyarzabal marcou o primeiro gol do jogo, e o lateral espanhol Alberto de la Bella fechou a goleada, que levou a Real Sociedad aos seis pontos, na vice-liderança da chave, atrás apenas do Zenit São Petersburgo, que hoje passou pelo Rosenborg..

Os quatro gols marcados pelo ex-São Paulo, Grêmio e Santos encerram jejum brasileiro de 'hat-tricks' em competições de clubes da Uefa. A última vez que um jogador do país alcançou a marca foi Luiz Adriano, na goleada do Shakhtar Donetsk sobre o BATE Borisov por 5 a 0, em que marcou três vezes, no dia 5 de novembro de 2014.

Willian José, além disso, é o terceiro brasileiro a balançar as redes três vezes ou mais na Liga Europa, torneio que estreou na temporada 2009/2010, para substituir a Copa da Uefa.

Liédson, ex-Corinthians, fez todos do Sporting na vitória sobre o Heerenveen por 3 a 2, em 17 de setembro de 2009; e Alan, ex-Fluminense, anotou quatro para o Red Bull Salzburg contra o Dínamo de Zagreb, em jogo que terminou 4 a 2, em 23 de outubro de 2014.

O outro jogo do grupo L nesta quinta-feira também teve um artilheiro brilhando, o meia argentino Emiliano Rigoni, que anotou 'hat-trick' na vitória do líder, com 100% de aproveitamento, Zenit São Petersburgo sobre o Rosenborg por 3 a 1, na Rússia. O meia norueguês Pal André Helland descontou para os visitantes.

No grupo K, a Lazio levou a melhor de virada sobre o Nice por 3 a 1, fora de casa, e também chegou a terceira vitória em três jogos na competição. De quebra, o time italiano abriu três pontos de frente para o principal concorrente na chave.

A equipe francesa saiu na frente logo aos 4 minutos do primeiro tempo, graças a italiano Mario Balotelli, após cruzamento na medida do meia holandês Wesley Sneidjer. No minuto seguinte, o zagueiro Dante bateu cabeça com o goleiro francês Yoan Cardinale, e os dois permitiram que atacante equatoriano Felipe Caicedo marcasse.

O meia sérvio Sergej Milinkovic-Savic começou a se tornar o protagonista da partida aos 20 minutos da etapa complementar, ao balançar as redes a favor dos visitantes, o que repetiria aos 44, dando números finais ao duelo.

No jogo que envolveu dois concorrentes zerados em pontos até o início da rodada, Zulte-Waregem e Vitesse ficaram no empate em 1 a 1, na Bélgica. Aos 23 do primeiro tempo, o zagueiro georgiano Guram Kashia marcou contra e abriu o marcador para os anfitriões. Quatro minutos depois, o meia holandês Thomas Bruns deixou tudo igual.

Na Sérvia, o Arsenal suou muito a camisa e conseguiu bater nos minutos finais o Estrela Vermelha por 1 a 0, sendo mais um time a alcançar a marca de 100% de aproveitamento na Liga Europa, se mantendo na ponta isolada do grupo H.

O autor do gol salvador, em partida que o técnico francês Arsene Wenger experimentou vários jovens, entre eles o meia Ainsley Maitland-Niles, campeão mundial sub-20 com a Inglaterra, foi o centroavante francês Olivier Giroud, em finalização acrobática, após tabela entre os ingleses Theo Walcott e Jack Wilshere.

Derrotado dentro de seus domínios, o time de Belgrado segue com quatro pontos na competição, assim como o BATE Borisov, que superou em casa o Colônia por 1 a 0. O artilheiro isolado da partida foi o meia bielorrusso Alexei Rios.

No grupo I, o Olympique de Marselha superou de virada o Vitória de Guimarães por 2 a 1, em casa. O meia argentino Lucas Ocampos e o meia-atacante francês Maxime López marcaram para o time do volante Luiz Gustavo. O atacante brasileiro Rafael Martins, ex-Grêmio, balançou as redes para a equipe portuguesa.

O líder da chave, no entanto, é o Red Bull Salzburg, que derrotou na Turquia o Konyaspor por 2 a 0, e chegou a sete pontos. O atacante norueguês Fredrik Gulbrandsen e o atacante israelense Moanes Dabour foram os autores dos gols das partidas.

O Athletic Bilbao chegou ao terceiro jogo sem vencer, ao empatar fora de casa com o Ostersunds, líder do grupo J, em 2 a 2. A equipe basca, que saiu na frente com o veterano atacante espanhol Aritz Aduriz, chegou a levar a virada, mas se salvou do revés aos 44 da etapa final, graças a gol do atacante espanhol Iñaki Williams.

Na Ucrânia, o Zorya chegou aos seis pontos, um atrás do representante sueco, ao vencer o Hertha Berlim por 2 a 1. O primeiro gol dos donos da casa foi marcado pelo meia Silas, que foi revelado pela base do Internacional.

No grupo G, o Steaua Bucareste foi a nove pontos graças a vitória sobre o Hapoel Be'er Sheva por 2 a 0, em Israel. O Lugano chegou a três pontos, assim como os demais times da chave, ao passar pelo Viktoria Plzen por 3 a 2, em casa. O atacante Carlinhos, ex-Paraná Clube, marcou o segundo da equipe suíça.

Esporte