PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Villa se emociona com primeira convocação para a Espanha após 3 anos

25/08/2017 10h40

Madri, 25 ago (EFE).- Maior artilheiro da história da seleção da Espanha, o atacante David Villa afirmou nesta sexta-feira que ficou muito emocionado após ter sido convocado pelo técnico Julen Lopetegui após 38 meses sem jogar com a camisa da 'Fúria'.

Um dos destaques da equipe que conquistou a Copa do Mundo de 2010, Villa não era convocado para a Espanha desde o fim do Mundial de 2014, disputado no Brasil, e foi hoje chamado para as partidas contra a Itália e Liechtenstein pelas Eliminatórias Europeias.

Logo depois da divulgação da lista, o atacante, que atua pelo New York City, não demorou a postar nas redes sociais uma imagem da camisa da seleção espanhola com uma mensagem de agradecimento.

"Muito emocionado. Agradeço a todos que confiam em mim e que me dão oportunidade de colocar de novo essa camisa", escreveu.

O técnico da Espanha, Julen Lopetegui, explicou a decisão de voltar a convocar o jogador na entrevista coletiva na qual anunciou os jogadores chamados para os próximos jogos das Eliminatórias.

"Sempre dissemos que não fechamos as portas para ninguém e sempre acompanhamos David. Entendemos que neste momento sua volta era necessária. Ele vai nos ajudar. Está fazendo magníficas atuações com a atitude necessária e por isso o chamamos", disse o treinador.

Lopetegui viajou aos Estados Unidos recentemente para ver o atacante jogando pessoalmente e revelou que conversou com ele sobre a possibilidade de um retorno à seleção.

"Ele pode contribuir como sempre contribuiu nas equipes que esteve: com qualidade, intuição, com a vontade de competir que ele transmite. Comentamos quando não o trouxemos que ele era um jogador vigente por atitude e qualidade. Agora esperamos que ele nos ajude", explicou Lopetegui.

Esporte