PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Steaua Bucareste muda de nome por litígio com Ministério da Defesa da Romênia

16/02/2017 18h36

Bucareste, 16 fev (EFE).- O Steaua Bucareste, clube mais tradicional da Romênia, mudou de nome para FCSB devido a um litígio com seu fundador, o Ministério da Defesa, segundo anúncio feito pelo atual proprietário da agremiação, Gigi Becali, em declarações ao canal local "Disgi Sport".

"Mudei o nome para FCSB no cartório e informei a Federação e a Liga de Futebol", afirmou Becali, criando mais um capítulo para a guerra com o Ministério, depois que em dezembro a Corte de Apelação de Bucareste tirou do clube o direito de usar o nome Steaua. "Quem desejar pode continuar chamando-o de Steaua, mas o nome é FCSB. A licença foi dada para esse nome", avisou.

Em 2015, o FCSB, fundado em 1947 durante o regime comunista e 26 vezes campeão romeno, já havia perdido o direito de jogar em seu tradicional estádio Ghencea. No ano passado, o Ministério da Defesa anunciou a criação de um novo time de futebol, com o nome e o escudo do Steaua, que começará na quarta divisão com o ex-jogador Marius Lacatus como técnico.

Esporte