Topo

Esporte


Sara Errani e Roberta Vinci conquistam título nas duplas femininas do Aberto dos EUA

Italianas Sara Errani e Roberta Vinci aguardam premiação por título de duplas - Cameron Spencer/Getty Images/AFP
Italianas Sara Errani e Roberta Vinci aguardam premiação por título de duplas Imagem: Cameron Spencer/Getty Images/AFP

Da EFE

Em Nova York (EUA)

09/09/2012 16h39

As italianas Sara Errani e Roberta Vinci foram campeãs do torneio de duplas femininas do Aberto dos EUA neste domingo ao vencerem as tchecas Andrea Hlavackova e Lucie Hradecka por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 6-2.

Com a conquista de hoje, as italianas chegaram ao segundo título em Grand Slam, após ter vencido o torneio de Roland Garros e, de quebra, se transformaram nas primeiras tenistas da Itália a conquistar um título no torneio americano.

Após ganhar o primeiro set, que foi mais competitivo, as italianas mantiveram o controle do jogo e não deram chances às tchecas.

"A chave de nosso êxito é que jogamos como amigas, desfrutamos e nossa química é muito boa", declarou Errani. "Foi um torneio incrível", acrescentou.

Com a atualização do ranking mundial na segunda-feira, as novas campeãs aparecerão como dupla número um do mundo. Além disso, com o título de hoje, receberam uma premiação de US$ 420 mil (R$ 855,7 mil).

Hlavackova e Hradecka, que também foram vice-campeãs no torneio de Wimbledon, reconheceram a superioridade da dupla rival.

"Elas foram melhores e mereceram a vitória", declarou Hlavackova. "Fizemos um grande torneio, mas no final não pudemos realizar nosso sonho, que era conquistar o título", assegurou.

DJOKOVIC VIRA SOBRE FERRER E VAI À FINAL DO ABERTO DOS EUA

O tenista sérvio Novak Djokovic aproveitou bem a interrupção do jogo do último sábado, voltou bem melhor, virou e venceu o espanhol David Ferrer, neste domingo, por 3 sets a 1, parciais de 2/6, 6/1, 6/4 e 6/1, e foi para a final do Aberto dos Estados Unidos. Ele encara na grande decisão, marcada para segunda-feira, o britânico Andy Murray, campeão olímpico, que no sábado venceu o tcheco Tomas Berdych por 3 a 1. “Foi um alívio ter me livrado logo desse jogo, ele é um cara muito bom fisicamente. Foi um prazer jogar hoje. Eu adoro jogar aqui, a energia dessa torcida”, falou o sérvio. Leia mais sobre o jogo

Mais Esporte