PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ortega ignora campeão do UFC e expressa interesse em se vingar de Holloway

Ag. Fight

Ag. Fight

21/09/2021 08h00

Neste sábado (25), em Las Vegas (EUA), Brian Ortega terá mais uma oportunidade de se tornar campeão do peso-pena (66 kg) do UFC. Na edição de número 266 da organização, o americano vai desafiar Alexander Volkanovski, número um da categoria, mas, apesar da importância do duelo, já está de olho no próximo compromisso, que pode ser, justamente, contra um velho conhecido.

Em entrevista ao site 'TMZ Sports', Ortega expressou o interesse em medir forças com Max Holloway pela segunda vez na carreira. Vale lembrar que os atletas se enfrentaram em 2018 e, na ocasião, o havaiano, campeão do peso-pena do UFC no período, defendeu seu título ao punir o especialista em jiu-jitsu no octógono, o nocauteou no quarto round e ainda tirou sua invencibilidade.

A derrota de Ortega para Holloway foi traumática, mas o mesmo esclareceu que não trata o carrasco como seu inimigo no esporte. De acordo com 'T-City', o que existe é uma rivalidade amigável, que o motiva a evoluir como lutador. Confiante de que se tornou um profissional mais consciente e maduro, o americano ressaltou que a possível revanche contra o algoz será completamente diferente do encontro anterior, porque adquiriu experiência para disputar combates grandiosos.

"Eu vejo o jogo e jogo o jogo. Estou escalando essa montanha técnica. Esses caras já estão lá, estão muito além de mim, admito, na parte da técnica, mas sou diferente. Há algumas coisas que você não pode ensinar por meio da técnica. Quando toco e bato em você, faço você sentir coisas diferentes. Essa sempre foi minha vantagem, e agora, estou adicionando técnica a isso. Estou escalando, aprendendo e ficando cada vez mais perigoso. A revanche seria ideal", analisou o atual desafiante ao título do peso-pena do UFC, antes de completar.

"Não estou tentando ir além ou menosprezar Volkanovski, porque ele venceu Holloway duas vezes. Não estou aqui para começar a comemorar, mas seria o ideal. Sou uma pessoa e um lutador melhor do que quando lutei com ele. Vendo a ultima luta de Holloway, ele também. Sou competitivo e quero essa luta de novo. Isso me incomoda. Olho para meu cartel e vejo que Holloway foi melhor naquela luta. Eu não o odeio, não sou um hater. Ele foi bem, mas sou do gueto e quero lutar de novo. Vamos fazer isso. Mesmo que Holloway me bata de novo, vou lutar com ele 100 vezes e vou vencer uma", concluiu.

Brian Ortega, de 29 anos, vai disputar o cinturão do peso-pena do UFC pela segunda vez. O americano se tornou o desafiante da divisão após dominar o 'Zumbi Coreano', em outubro. A curiosidade é que 'T-City' não atuava desde 2018, mas ignorou o tempo afastado e foi superior ao adversário até mesmo na trocação. Anteriormente, o especialista em jiu-jitsu enfrentou Max Holloway pelo título da categoria e, na ocasião, perdeu o duelo e, consequentemente, conheceu sua primeira e única derrota no MMA.

Esporte