PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do 'Bare Knuckle' mostra interesse em realizar luta entre Lombard e Woodley

Ag. Fight

Ag. Fight

04/08/2021 13h11

Ao que parece, o 'Bare Knuckle Fighting Championship', principal organização de boxe sem luva, pode abrigar um confronto inusitado entre dois ex-atletas do UFC. Na edição de número 19, realizada em julho, na Flórida (EUA), os veteranos Hector Lombard e Tyron Woodley se desentenderam e quase resolveram suas diferenças nos bastidores da atração. Após o encontro viralizar na internet, Dave Feldman, presidente da companhia, abriu as portas para o possível duelo entre os rivais.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', o cartola expressou todo seu interesse em realizar a luta entre Lombard e Woodley e garantiu que, caso ela aconteça, vai atrair a atenção do público e da imprensa especializada. Vale lembrar que, atualmente, o cubano é campeão do BKFC, enquanto o americano, ex-número um dos meio-médios (77 kg) do UFC, se prepara para estrear no boxe profissional diante de Jake Paul.

Apesar da discussão entre Lombard e Woodley ser recente, a rivalidade entre eles é antiga. Tudo começou quando ambos treinavam na 'American Top Team'. De acordo com o cubano, 'The Chosen One' deu em cima de sua namorada na época e lhe criticou. Sendo assim, ao encontrar com o americano na organização que atua, 'Lightning' resolveu tirar satisfação e o chamou de palhaço, falso, entre outros termos nada amigáveis. Ciente de que tal história rende, Feldman visa oficializar o acerto de contas entre os desafetos no BKFC.

"Não sei como realmente começou. Eu fui até lá e pensei que eles estavam apenas conversando e ficou um pouco quente. Me aproximei e disse que eles são profissionais, que não poderiam lutar aqui e eles foram embora. Ouvi dizer que eles tinham uma história e problemas no passado, então se eu daria as boas-vindas no Bare Knuckle? Em um piscar de olhos. Veremos o que acontecerá com Woodley quando ele lutar contra Jake e partiremos daí. Mas eu adoraria ter essa luta aqui. Seria uma tremenda luta. Imagino que muita mídia cobriria", declarou o cartola.

Em má fase no MMA, Hector Lombard, de 43 anos, se encontrou no boxe sem luvas. Nas artes marciais mistas, o cubano perdeu as últimas seis lutas que disputou no UFC e sua última vitória aconteceu em 2024. Após assinar com o 'Bare Knuckle FC' e estrear em 2020, o veterano levou a melhor nos três confrontos que realizou e se tornou campeão da companhia. Nos esportes de combate, os principais triunfos de 'Lightning' foram diante de Alexander Shlemenko, Jake Shields, Nate Marquardt e Rousimar 'Toquinho'.

Tyron Woodley, de 39 anos, viveu altos e baixos no MMA. O americano se tornou campeão dos meio-médios do UFC ao nocautear Robbie Lawler, em 2016, e defendeu o cinturão em quatro oportunidades. No entanto, o atleta entrou em má fase ao perder o título da categoria para Kamaru Usman, em 2019. Na sequência, o veterano sucumbiu contra Gilbert 'Durinho', Colby Covington, Vicente Luque e foi liberado pela organização.

Esporte