PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Empolgada com vitória no UFC, Virna Jandiroba desafia esposa de Amanda Nunes

Ag. Fight

Ag. Fight

21/06/2021 07h00

Virna Jandiroba foi um dos destaques do UFC Vegas 29. No evento realizado no último sábado (19), nos Estados Unidos, a brasileira venceu Kanako Murata por nocaute técnico via lesão e consolidou sua posição no top-15 do peso-palha (52 kg) da organização. Animada com o triunfo diante da japonesa, 'Carcará' tratou de projetar seus próximos passos na companhia e revelou um duelo que lhe interessa.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight (veja abaixo ou clique aqui), Virna citou o nome de Nina Ansaroff, esposa de Amanda Nunes, como adversária ideal para a sequência de sua trajetória no UFC. A curiosidade é que, ao contrário de muitos desafios feitos pelos demais lutadores, o proposto pela brasileira foi respeitoso.

Após vencer Murata e dar uma luta dura para Mackenzie Dern, 'Carcará' destacou que se sente preparada para alçar voos maiores no peso-palha da organização. Sendo assim, Virna mencionou Nina como potencial oponente, porque a mesma se encontra em sétimo lugar no ranking da categoria, seis posições acima da própria. Vale lembrar que, assim como Jandiroba, a esposa de Amanda Nunes também perdeu para Mackenzie.

"Me perguntaram a respeito de um nome que eu gostaria de enfrentar. Não gosto muito de desafiar as meninas. Acho que a Nina seria um ótimo nome para lutar agora, é uma menina que está acima. Eu adoraria fazer uma luta com ela. É alguém que eu respeito a admiro bastante. Vamos nessa Nina, vamos lutar", desafiou a atleta.

Virna Jandiroba, de 33 anos, disputou cinco lutas pelo UFC, venceu Mallory Martin e Felice Herrig por finalização, Kanako Murata por nocaute e perdeu duas vezes. Antes de integrar a organização, a atleta foi campeã do peso-palha do Invicta FC. Em sua carreira, 'Carcará' possui 17 vitórias, sendo 13 por finalização, duas derrotas e, atualmente, se encontra na 13ª posição no ranking do peso-palha.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Ag Fight (@ag.fight)

Esporte