PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Carrasco de Patricky 'Pitbull' mira destronar Patrício no peso-leve do Bellator

Ag. Fight

Ag. Fight

11/05/2021 07h00

Realizado na última sexta-feira (7), em Connecticut (EUA), o Bellator 258 apresentou uma surpresa no peso-leve (70 kg). Antes da luta, Patricky 'Pitbull' era apontado como favorito pelas casas de apostas contra Peter Queally e, caso confirmasse o status, poderia disputar o título da divisão. Contudo, o irlandês ignorou as estatísticas e conquistou a maior vitória de sua carreira. Empolgado com o triunfo, o atleta aproveitou para desafiar Patrício, campeão da categoria.

Na coletiva de imprensa pós-evento, Queally reclamou da postura de Patrício, uma vez que o campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve do Bellator não aceitou a derrota do irmão e tentou transformar o resultado em no-contest. No cage, mesmo por baixo, o irlandês atacou Patricky com uma série de cotoveladas e saiu vitorioso após o médico interromper a luta por conta de um corte.

Como superou o irmão mais velho, mesmo que de forma polêmica, o parceiro de treino de Conor McGregor garantiu que o resultado será o mesmo quando medir forças com o caçula da família Freire e decretou que essa é a luta a ser feita no peso-leve do Bellator. Outro ponto que favorece a realização do confronto entre Patrício e Queally é a rivalidade existente entre as academias 'Pitbull Brothers' e 'SBG Ireland'.

"Ele tentou alegar que foi uma cotovelada ilegal que causou o corte, mas isso é um absurdo. Acho que ele ficou com raiva, porque eu venci seu irmão. Eu entendo o lado emocional, mas há algo que ele pode fazer se estiver com raiva e é lutar comigo. É isso que ele deve fazer agora. Se ele quiser proteger seu nome, precisa lutar comigo e resolver esse problema", declarou Queally, antes de completar.

"Estamos empatados. Bateram em Pedro Carvalho e ele é como um irmão para mim. Ele é muito duro, nocauteou nos leves e o respeito por isso, mas eu venci seu irmão de forma justa. Ele precisa lutar comigo agora, precisamos resolver isso. Sou um dos poucos que pode derrotar os irmãos 'Pitbull'", concluiu.

O Bellator 258 foi inesquecível para Peter Queally. Antes da realização do show, o irlandês, de 32 anos, não estava ranqueado no peso-leve e, como não tinha nada a perder, aceitou lutar contra Patricky 'Pitbull'. Após a atração, o parceiro de treino de Conor McGregor conquistou a maior vitória de sua carreira, uma vez que o brasileiro era o número dois da categoria.

Esporte