PUBLICIDADE
Topo

Treinador aposta em conquista de título assim que Masvidal entrar em acordo com UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

02/07/2020 07h00

Jorge Masvidal é o atual terceiro colocado no ranking dos meio-médios do UFC - Rigel Salazar

Mesmo após entrar em uma guerra pública com o UFC por melhores salários e perder a chance de ser o próximo desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg), Jorge Masvidal manteve sua rotina de treinos como se estivesse em preparação para disputar o título. Pelo menos é o que garante Mike Brown, treinador do lutador na 'American Top Team'.

Em entrevista ao site 'MMA Fighting', Brown revelou que o pupilo ajudou até mesmo na preparação de Dustin Poirier, seu companheiro de equipe, que derrotou Dan Hooker na luta principal da edição do Ultimate realizada no último sábado (27), em Las Vegas (EUA). E é por essa ética de trabalho que o treinador demonstra otimismo de que, assim que o imbróglio financeiro com o UFC seja resolvido, 'Gamebred' estará pronto para lutar e conquistar o cinturão dos meio-médios.

"Ele está lá (na academia) todo dia. Ele está pronto. Nós tivemos alguns ótimos wrestlers para treinar com ele. Ele trabalhou com Bo Nickal e Cody Law, dois wrestlers de alto nível da (Universidade de) Penn State. Ele estava se preparando para a luta com (Kamaru) Usman. Ele também estava ajudando Dustin (Poirier) a se preparar. Eles fizeram sparring algumas vezes para essa luta. Jorge é um camaleão, ele consegue imitar qualquer um. Ele tem muitas ferramentas para usar, então ele fez um excelente trabalho de dar a Dustin uma boa visão sobre Hooker", contou Mike Brown, antes de apostar.

"Masvidal está lá. Ele está pronto para lutar. Assim que eles chegarem a um acordo, e eles deem o dinheiro que ele vale, então nós vamos ter um campeão meio-médio", projetou o treinador da 'ATT'.

Vindo de sua melhor temporada da carreira, com três vitórias expressivas sobre Darren Till, Ben Askren e Nate Diaz, respectivamente, Jorge Masvidal era tido como o consensual próximo desafiante ao cinturão dos meio-médios, atualmente sob posse de Kamaru Usman. No entanto, a disputa por um retorno financeiro maior fez com que o americano visse o Ultimate escalar Gilbert 'Durinho' em seu lugar, para encarar o campeão na luta principal do UFC 251, no dia 11 de julho, na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi.

Esporte