Topo

Esporte


'Borrachinha' debocha de 'Cara de Sapato' após derrota do desafeto no UFC Canadá

Ag. Fight

15/09/2019 16h34

'Borrachinha' e 'Cara de Sapato' nutrem uma rivalidade há anos - Reprodução/Instagram

Não é segredo para ninguém que Paulo 'Borrachinha' e Antônio 'Cara de Sapato' se estranham há anos. A rivalidade entre os pesos-médios (84 kg) do UFC teve início na terceira edição da versão brasileira do reality show 'The Ultimate Fighter' e se mantém até hoje, como prova a provocação feita por 'Borrachinha' em suas redes sociais após a derrota do desafeto no UFC Canadá, realizado no último sábado (14).

Em um clássico duelo de estilos, 'Cara de Sapato' não conseguiu demonstrar sua superioridade no grappling e sofreu com a trocação afiada de Uriah Hall, sendo derrotado por decisão dividida dos juízes. Não demorou muito para que 'Borrachinha' publicasse em sua conta oficial no 'Instagram', através da ferramenta 'InStories', duas imagens comparando pejorativamente o desafeto a Cezar 'Mutante', já que ambos são campeões da versão brasileira do 'TUF' e vem de duas derrotas (clique aqui e aqui).

"Hahaha - Novo Mutante 2.0. RH (recursos humanos) lhe aguarda", escreveu Paulo sobre uma fotografia de 'Cara de Sapato' sendo golpeado por Uriah Hall.

"Valendo o emprego, o que vocês acham? Mutante 2.0 ('Cara de Sapato') vs Mutante original", publicou 'Borrachinha', sugerindo um confronto entre Antônio e Cezar.

Logo após o revés sofrido pelo rival no UFC Canadá, 'Borrachinha' publicou, na mesma rede social, outra provocação a 'Cara de Sapato'. Porém, esta foi deletada de sua conta oficial. Nela, o peso-médio havia escrito: "Eu apostei no Uriah Hall. Obrigado pelo dinheiro. Cezar Mutante 2.0 volta para o jiu-jitsu. Tá na profissão errada".

Invicto no MMA profissional após 13 lutas, Paulo 'Borrachinha' vem de vitória sobre Yoel Romero em agosto deste ano. Com o resultado positivo, o primeiro por decisão dos juízes em sua carreira, o mineiro se credenciou a disputar o título dos médios contra o vencedor do duelo entre Robert Whittaker e Israel Adesanya, válido pela unificação do cinturão da categoria, que acontece no dia 5 de outubro, na Austrália.

Mais Esporte