PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Às vésperas de luta contra Pacquiao, adversário provoca: "Vou nocauteá-lo"

Ag. Fight

16/01/2019 08h00

O próximo sábado (19) marcará o retorno aos ringues de um dos maiores pugilistas da história: Manny Pacquiao. O veterano de 40 anos coloca seu cinturão meio-médio (66,7 kg) da Associação Mundial de Boxe (WBA) em jogo contra Adrien Broner, 11 anos mais novo. Mas a menor experiência no esporte não intimidou o americano, que provocou o astro filipino às vésperas do combate.

Ao longo de um 'media day' aberto para a imprensa e sediado pelo próprio Adrien, o pugilista prometeu nocautear Pacquiao no sábado. No entanto, o americano não deixou de exaltar seu rival, afinal de contas, Manny é um dos maiores atletas a pisarem em um ringue de boxe. O confronto entre os dois será realizado na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA).

"Todo lutador é diferente, mas sei que se eu tocar nele, vou nocauteá-lo. Não tem segredo, ele já foi posto para dormir antes. Estou em forma e pronto para a luta. Tivemos um grande camp de treinamento. Poderia ter batido o peso há semanas. Já estive aqui antes, mas mesmo assim, nunca em uma luta dessa magnitude. Estou treinando para uma luta como qualquer outra, ele é outro oponente", afirmou Broner, antes de projetar seu futuro em caso de vitória no sábado.

"Eu posso dominar o (cenário do) boxe com uma vitória sobre o Pacquiao. Existem muitos lutadores ótimos nesse esporte, mas nenhum deles trás para a mesa minhas qualidades. Uma vitória dessa me colocaria justamente onde estou predestinado a estar. Sempre quis lutar com grandes nomes como ele e sabia que, se continuasse treinando forte, minha hora iria chegar", concluiu o boxeador de 29 anos, em comunicado divulgado à imprensa.

Ao longo de sua vitoriosa carreira no boxe, Pacquiao somou 60 vitórias, sete derrotas e dois empates. Já seu adversário, conquistou até então 33 triunfos e foi superado por três vezes nos ringues, além de um empate.

Esporte