PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Tênis: Pandemia adia Copa Davis e Fed Cup para 2021

Marcelo Melo e Bruno Soares na Copa Davis em 2017 - Kiyoshi Ota/Getty Images
Marcelo Melo e Bruno Soares na Copa Davis em 2017 Imagem: Kiyoshi Ota/Getty Images

26/06/2020 13h21

Paris, 26 Jun 2020 (AFP) - As edições de 2020 das fases finais da Copa Davis e da Fed Cup foram adiadas para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus, anunciou hoje a ITF (Federação Internacional de Tênis).

A fase final da Davis, prevista para novembro em Madri, foi reagendada para a semana de 22 de novembro de 2021 na capital espanhola, enquanto que a Fed Cup será disputada entre 13 e 18 de abril em Budapeste.

Os mesmos 18 países classificados para a fase final da Copa Davis competirão em 2021, segundo comunicado conjunto da ITF e da empresa Kosmos, presidida pelo jogador de futebol Gerard Piqué, que impulsionou o novo modelo da competição.

A edição de 2020 da Copa Davis seria disputada de 23 a 29 de novembro em Madri, mas os organizadores destacaram as incertezas em relação à evolução da pandemia e às medidas que diferentes países podem adotar para combater o vírus como um obstáculo para sediar "um evento desta magnitude e num recinto fechado".

"Não sabemos como irá evoluir a situação em cada país classificado, nem que tipo de restrição haverá na Espanha. Assim, é impossível prever a situação que teremos em novembro e garantir a segurança de quem viajar a Madri", disse Piqué, citado no comunicado.

O jogador do Barcelona já havia se mostrado "pessimista" em maio sobre a realização da edição ainda neste ano, ao ser questionado sobre a possibilidade de organizar a Copa Davis sem público para evitar contaminações.

"Eu vejo isso de maneira um pouco pessimista, porque uma Copa Davis sem torcida é bem difícil", afirmou Piqué à emissora Movistar+.

Tênis