PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex acusa zagueiro Fábio Bilica de não pagar pensão alimentícia há 2 anos

Fábio Bilica, durante passagem pelo Fenerbahce, da Turquia - Getty Images
Fábio Bilica, durante passagem pelo Fenerbahce, da Turquia Imagem: Getty Images

Bruno Madrid e Leandro Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 19h30

A influencer Thábata Veloso acusa o zagueiro Fábio Bilica de não pagar pensão alimentícia há mais de dois anos. O jogador disputou as Olimpíadas de Sidney, em 2000, com a seleção brasileira e atualmente defende o Forte Rio Bananal, da segunda divisão do Campeonato Capixaba.

A informação foi publicada inicialmente pela coluna de Fábia Oliveira no jornal O Dia e confirmada pelo UOL. Thábata e Bilica são pais de Ibrahim, um garoto de oito anos que teve paralisia cerebral. O jogador ainda não respondeu às tentativas de contato da reportagem.

"Ibrahim é portador de paralisia cerebral, é um bebê no corpo de uma criança. Ele era normal até um ano e quatro meses, andava, falava... Ele tomou a vacina da poliomelite e 24 horas depois entrou em coma, com uma encefalite. Isso foi em 2014. Desde então eu parei tudo para viver para o Ibrahim. Ele é totalmente dependente de mim, e o Fábio não paga a pensão em dia. Não tenho condições de sair para trabalhar porque precisaria de uma enfermeira para cuidar de Ibrahim, uma babá e, além de tudo, um motorista para levar para as terapias, que são diárias", disse Thábata ao UOL.

"Infelizmente, ele [Fábio] só paga [a pensão] quando é preso. Já tem dois anos que ele não paga. Como eu moro na Paraíba e ele não põe os pés em João Pessoa, é difícil o oficial de Justiça achá-lo. Aí a gente fica assim, esperando a sorte, para um dia o Fábio pagar a pensão", acrescentou.

Em 2016, Fábio Bilica foi preso no município de Cabedelo, localizado na Grande João Pessoa, acusado de dever mais de R$ 17 mil em pensão alimentícia. Ele já foi detido, pelo mesmo motivo, em outras ocasiões.

Sem o dinheiro da pensão alimentícia, Thábata conta com a ajuda de amigos e familiares para cuidar do filho.

"Uma criança normal já requer cuidados, quanto mais uma criança especial, mas infelizmente o Fábio não pensa nisso. Tenho que me virar com a ajuda de amigos e família para dar continuidade ao tratamento de Ibrahim (...) Precisei comprar uma cadeira de rodas para Ibrahim, pedi ajuda a Fábio, mesmo sabendo que ele não pagava a pensão, e ele disse que não tinha condições. Quem me ajudou foi a Iran, ex-esposa do Hulk", afirmou

"Fábio nunca pagou a pensão em dia. Como ele morava na Turquia [jogou no futebol turco entre 2008 e 2015], era mais difícil de achá-lo. Ele passava mais de um ano sem vir para a Paraíba e quando vinha era preso. Pra não descer para o presídio, ele pagava a pensão. Agora já faz mais de dois anos que ele não paga", completou a influencer.

O UOL tentou contato com Fábio Bilica, mas ainda não teve resposta até a publicação da matéria. O texto será atualizado em caso de retorno.

Esporte