PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Yana Sizikova é presa em Paris por investigação de manipulação de resultado

Tenista russa Yana Sizikova - Reprodução/Instagram
Tenista russa Yana Sizikova Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/06/2021 11h20

A tenista russa Yana Sizikova foi presa em Paris pela polícia francesa como parte de uma investigação de manipulação de resultados.

Segundo informações do jornal francês Le Parisien, Sizikova, uma especialista em duplas de 26 anos, foi presa na noite de quinta-feira, 03, por conta de uma investigação por "corrupção no esporte" e "fraude de quadrilha organizada".

A prisão, no entanto, está relacionada ao Roland Garros do ano passado, quando as casas de apostas emitiram alertas para padrões de apostas anormais durante a partida de duplas femininas de Sizikova e Madison Brengle, dos Estados Unidos, que perderam por 7-6(8) e 6-4 para as romenas Andreea Mitu e Patricia Maria Tig.

Durante esse confronto, centenas de milhares de euros teriam sido apostados numa quebra de serviço em 2-2 no segundo set. Sizikova foi culpada por três dos pontos concedidos, incluindo duas faltas duplas, ao perder o serviço.

Sizikova está atualmente na 101ª posição do ranking e ganhou um total de 206 mil dólares (cerca de R$ 1 milhão, na cotação de hoje) em prêmios em dinheiro ao longo de sua carreira de 11 anos.

Ontem, Yana perdeu por 6-1 e 6-1 em sua partida de duplas na primeira rodada, enquanto fazia parceria com sua compatriota Ekaterina Alexandrova contra a dupla australiana Ajla Tomljanovic e Storm Sanders.

Tênis