PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gavião, gandula musa e torcedor sem perna: Veja quem teve seus 15 minutos de fama em 2012

Gandula Fernanda Maia ganhou notoriedade e fez até ensaio sensual em 2012 - Maria Elisa Franco/UOL
Gandula Fernanda Maia ganhou notoriedade e fez até ensaio sensual em 2012 Imagem: Maria Elisa Franco/UOL

Do UOL, em São Paulo

21/12/2012 06h02

O ano de 2012 não foi marcado só pelo brilho dos craques, o surgimento de novos talentos e títulos históricos como a campanha do Corinthians na Libertadores e no Mundial de Clubes. Por motivos inusitados e até bizarros, muita gente teve uma fama repentina e ganhou destaque no meio esportivo de forma meteórica.  

Uma gandula musa, um torcedor sem perna, um corcunda, um jogador que perdeu a cabeça e até um gavião roubaram manchetes, estamparam o noticiário e estão na seleção UOL Esporte pelos seus 15 minutos de fama em 2012.

Gandula musa do Botafogo

Fernanda Maia estava apenas realizando seu trabalho como gandula do Botafogo ao devolver a bola para o jogo na decisão da Taça Rio contra o Vasco, mas ganhou grande notoriedade e ajudou o time alvinegro a sair com o título. Ela devolveu a bola que havia saído pela lateral rapidamente. A bola parou nas mãos do seu ídolo, Maicosuel, que bateu o lateral para Márcio Azevedo, que fez o cruzamento para o gol de Loco Abreu.

A professora de Educação Física de 23 anos viu sua vida mudar mesmo que por uns dias. Deu a volta olímpica em campo com os jogadores, concedeu diversas entrevistas, foi a programas de televisão e fez até ensaio sensual.
Torcedor sem perna do Corinthians

Um torcedor do Corinthians também garantiu seus 15 minutos de fama em 2012. Isso porque conseguiu a façanha de driblar a segurança e o alambrado e invadir o campo do Pacaembu sem uma das pernas. O episódio aconteceu na vitória corintiana contra o Coritiba, por 5 a 1.

Com dificuldade para se locomover, o torcedor percorreu a área situada atrás do gol e foi interceptado logo na entrada do campo, sendo detido por um segurança. Em seguida apareceu outro homem para impedir o avanço do torcedor. Leia mais
Gavião visita CT e rouba telefone de repórter

No mês de junho, foi um gavião quem roubou a cena no CT Joaquim Grava, do Corinthians. Enquanto os reservas treinavam em um dos campos, o animal apareceu e assustou a repórter da RedeTV!, Roberta Gabardo. Não satisfeito, ele se apoderou do celular da jornalista e o levou para o meio do gramado. Após o “roubo”, colegas da imprensa ajudaram e conseguiram recuperar o aparelho para alegria de todos.

No fim de maio, o gavião já havia chamado a atenção de repórteres e comissão técnica e ganhou até o carinho de Tite que parou para brincar com o bicho. Vizinho do Timão, o animal vive no Parque Ecológico do Tietê, ao lado do centro de treinamento alvinegro. Leia mais
Corcunda da sorte de Zé Roberto em Londres

Não foi só talento e dedicação que fizeram José Roberto Guimarães conquistar o ouro com o vôlei feminino nas Olimpíadas de Londres. O técnico também contou com a sorte e fez o inglês George Hooper ficar famoso no Brasil e dar várias entrevistas, curiosamente, por sua corcunda.

Depois dos Jogos, o técnico revelou sua superstição. Em 1992, antes de conquistar o título com a seleção masculina, encontrou um garçom corcunda e cumpriu um ritual de fazer um pedido enquanto passava a mão em suas costas. Ao fazer o credenciamento para entrar na Vila Olímpica agora em 2012, o treinador viu um corcunda e repetiu o gesto ao dar um pin do Brasil ao voluntário Hooper. Leia mais
Jogador agride árbitro no Amazonense

Derlan estampou os noticiários do país inteiro e virou uma das manchetes negativas do ano ao agredir o árbitro João Batista Cunha Brito no jogo entre Iranduba e São Raimundo, pelo Campeonato Amazonense. Mas pagou um alto preço com uma suspensão de 360 dias.

Arrependido, o jogador chorou durante a audiência da justiça desportiva e admitiu que perdeu a cabeça ao ser expulso injustamente, em sua opinião. Ele acusou o juiz de ofender seu pai, já falecido, e sua mãe, que sofre de câncer. Derlan também mereceu um destaque nos 15 minutos de fama do UOL Esporte. Leia mais

Esporte